TAQUARI DOS GIGANTES – PÃO NELES! 22/11/12

TAQUARI221112

Um verdadeiro monstro sai das águas do Centro de Pesca Taquari para os braços da Equipe Loucos por Pesca. Kleber Sanches vive uma explosão de adrenalina e captura um baguá de 31kg neste excelente pesqueiro. Outros gigantes também foram fisgados na isca infalível, o pão! 

 

 

 

Olá amigos do Loucos por Pesca!

Havia muita dúvida para decidirmos onde seria a próxima pescaria. Chegamos a mudar de ideia umas três vezes, inclusive a última delas foi as 17 horas do dia anterior, mas acabei fazendo uma belíssima escolha.

Eu (Kleber) e meu amigo André, companheiro já na última aventura no Lago Azul, concluímos que a melhor escolha seria o bom e velho Centro de Pesca Taquari, morada de gigantescos Tambacus!

Seguimos viagem, ainda de madrugada, de Campinas rumo à São Roque, cidade onde está localizado este espetacular empreendimento do nosso amigo André, grande parceiro do Loucos por Pesca desde o inicio do site em 2009.

Chegamos no portão do pesqueiro exatamente as 6 horas da manhã, já esperando encontrar pelo menos uns três ou quatro carros à nossa frente, mas para nossa total surpresa fomos os primeiros pescadores.


Minutos depois uma cena mais do que engraçada, muito curiosa eu diria! Um cachorro vem se aproximando de nós e, acredite se quiser, ele “estaciona” atrás do carro da nossa equipe e respeita a fila!


Ele ficou ali deitado, bem quieto e respeitando a ordem de chegada, coisa que muitos pescadores “espertinhos” não fazem. É o mundo animal ensinando muita coisa para nós humanos por incrível que pareça!

Descarregamos nossas tralhas do carro com calma, observando dois legítimos “manés” descendo muito atrapalhados com os equipamentos nas mãos para garantirem o cobiçado lugar.

Tinha certeza que eles queriam ficar no primeiro quiosque, onde eu jamais quis pescar, na frente da famosa corda do Taquari. É impressionante que este tipo de coisa ainda aconteça, lamentável!

Fomos tranquilamente e nos alojamos no quarto quiosque do lado oposto ao restaurante. Iniciamos a montagem dos equipamentos, duas varas cada pescador, as quais adquiri há algum tempo em nosso patrocinador: a loja Romano Pesca.

Kenzaki Light – carretilha Shimano Curado 201e – linha multi Powerpro 30 lbs (cevadeira)

Kenzaki – carretilha Shimano Curado 201e – linho mono 0,35mm DAM (torpedo com pão)

Alguns peixes subiam na ração, principalmente Pintados, Carpas, Tilápias e alguns Tambacus. Rapidamente o André garante o primeiro gigante da pescaria, mas não era o cobiçado baguá e sim uma grande Carpa Capim.


O Taquari é um dos poucos lugares que vejo exemplares tão gigantes desta espécie!


O pesqueiro não estava cheio, mas a parte funda do lago era onde se concentravam todos os pescadores. Resolvemos arriscar algumas “copadas” no raso e logo decidimos nos mudar para este ponto. No primeiro arremesso, o amigo acerta uma bonita Pincachara!



Nós estávamos pescando no mesmo esquema de chicote, com três evas caramelo na linha, dois no anzol de robalo 2/0 Sasame, e a diferença é que ele optou por bolinha de futebol vermelha e eu usava a tradicional miçanga caramelo.

Comentei com o amigo que em minhas últimas três pescarias no Taquari havia acontecido exatamente a mesma coisa! As 11 horas da manhã sempre um baguá acertava meu pão na superfície do lago. Decidi abrir mão das miçangas e coloquei as duas varas com pão flutuando, uma com cevadeira e outra com bóia torpedo.


Arremessei as bóias bem distantes uma da outra, como é possível conferir na imagem acima, já que não havia mais ninguém pescando nesta parte do lago, e numa pontualidade britânica o primeiro ataque veio (sem brincadeira) exatamente as 11 horas em ponto! Briga muito boa, bóia cevadeira sempre na superfície, mas um forte peixe de porte médio é que se entregou no final!



Seria a primeira de muitas capturas na isca do dia. Pão neles!


Menos de quinze minutos e novamente uma abocanhada no pão! Dessa vez o peixe era de dimensões menores e a briga não demorou muito para ser finalizada. Onde estavam os legítimos baguás que sempre atacam esta isca?


Pode parecer loucura, mas eu estava acertando demais nas previsões neste dia. Quase fui correndo para uma lotérica na volta da pescaria, pois comentei com o amigo que acreditava que tínhamos que aproveitar principalmente até por volta das 13 horas para conseguir um baguá no pão, já que neste horário o sol estava muito forte e outros peixes não subiam para atrapalhar ou despedaçar nossa isca.

Meu torpedo estava arremessado no cantão do lago, bem isolado e perto do primeiro quiosque na parte rasa!


Observo o exato momento em que o pão simplesmente desaparece numa sugada sútil, seguida de uma leve balançada do torpedo, mas não suficiente para afundar a bóia. Opa! Esta característica eu conheço e fui correndo até o equipamento para depois mandar a sequência de duas fisgadas secas! Tinha inicio uma briga de muito peso, bóia quase parada na superfície, algumas rabadas pra fora da água, o coração estava na boca! O peixe tomava poucos metros de linha, mas não me dava muito espaço para recolher, sempre pesando muito!  Trabalhei o bichão com a calma necessária para um duelo deste nível e quando ele chegou na margem eu simplesmente não acreditei! O lombo fora da água era assustador e o alívio que tomou conta de mim, quando ele entrou no passaguá, rapidamente se transformou em entusiasmo: “É GIGANTE, GIGANTE PRO LOUCOS”.



Pesamos o baguá na balança digital. Descontando os 2kg do passaguá, o monstro registrou pouco mais de 31kg!


Pura adrenalina! Peixe de uma largura impressionante!


A vontade era de entrar na água para fazer uma soltura digna e não pensei duas vezes.


Curti cada momento com o bichão nos braços, pois sou um fanático e apaixonado por esta espécie! Não vejo em pesqueiro uma briga mais prazerosa do que a proporcionada por um legítimo baguá!



No Taquari existem muitos Tambacus deste porte e alguns ainda maiores. Vale muito a pena para quem gosta de uma boa pescaria de redondos.

Assista abaixo o video da soltura do gigante!

Se você tem dúvidas ou quer aprender exatamente como preparar esta isca, a maneira correta de iscar e outros detalhes, CLIQUE AQUI para visualizar nossa dica de como fisgar muitos baguás no pão!

Passada a euforia que atingiu este sortudo pescador, chegava a vez do amigo garantir uma excelente briga na isca do dia. O pão sempre nos rendeu ótimas capturas no Taquari e em diversos pesqueiros, uma isca que não pode ser deixada de lado jamais, principalmente quando os bichos não querem comer ração, como aconteceu neste dia. A briga é pesada e o peixe era baguá!




Esses peixes merecem todo o cuidado e uma soltura adequada garante a integridade física dos bichos que fazem nossa alegria na pesca.


Uma pausa nas ações e tentamos de todas as formas fazer os bichos comerem ração, mas eles simplesmente não queriam subir na ceva neste dia. O jeito era apostar no “pão matador” e o André foi contemplado novamente com um grande bote. A briga chegou a assustar! Fazia tempo que eu não via um peixe tão forte e com tanta disposição para duelar. O amigo engatou a encrenca no raso e teve que finalizar a briga na parte funda do lago, se esforçando para não deixar o peixe enroscar nas dezenas de bóias que estavam na superfície. Esforço recompensado com outro Tambacu de ótimo porte!




Os frequentadores do Taquari gostam muito de pescar na parte funda, mas me sinto na obrigação de dar uma dica aos amigos que prestigiam nosso site. Primeiramente vale ressaltar que há gigantes em toda parte do lago neste excelente pesqueiro, mas outro fator que pode fazer a diferença numa pescaria é escolher um local mais calmo no lago, onde não há dezenas de bóias batendo na água a todo instante.


E foi nesta calmaria que minha cevadeira afundou, porém eu já tinha gasto toda a cota de sorte no incrível gigante. Um Tambacu pequeno é quem se atreveu a comer o pão destinado aos baguás!



Minutos antes do pesqueiro fechar, insistindo muito na pescaria com bóia cevadeira, o André foi premiado! Mesmo sem os tambas estarem subindo na ração, um grande Tambacu atacou sem frescura sua miçanga e, após uma briga bem pesada, se rendeu para fechar nossa pescaria!




O saldo do dia foi muito positivo! Muitos peixes grandes e um baguá que sozinho já teria feito desta pescaria uma aventura inesquecível! Apesar dos peixes não terem subido bem na ração, bastou testar outras iscas na pescaria de espera e o resultado foi excelente, por isto, vale sempre muito a pena praticar outra modalidade em alguns casos do que só ficar cevando o dia inteiro.

Agradecimentos como sempre ao André, proprietário desta paraíso, sempre muito pronto a nos recepcionar, ao senhor Zé e aos funcionários que nos atendem com educação e amizade.

Abraços a todos e VAMOS PESCAR!!!

Imagens: Kleber Sanches e André

Texto: Kleber Sanches

E-mail: kleber@loucosporpesca.com.br

CENTRO DE PESCA TAQUARI

Acesso na Rod. Raposo Tavares, Km 58,5 – São Roque/SP

Estrada Soroca-mirim, km 5

Tel: (11) 4711-1937

www.centrodepescataquari.com.br

AGRADECIMENTOS

Romano Pesca – www.romanopesca.com.br

King Fishing – www.roupasdepesca.com.br

Penn-Raiba Carretilhas – www.pennraibacarretilhas.blogspot.com.br

Massa Farofa do Carlão

Você pode deixar um comentário, ou fazer um trackback para o seu site.

25 Comentarios to “TAQUARI DOS GIGANTES – PÃO NELES! 22/11/12”

  1. Simone Pino disse:

    M A R A V I L H O S O !!!!!!!!!! Deu pra sentir a emoção daqui!!!!!!! Parabéns!!!!!!!!!

  2. Ricardo Massaro disse:

    PQP, que baita tamba hein!!!! Simplesmente ANIMAL!!! E a foto das bóias com o pão na superfície ficaram bem legais. Abraço!!!

  3. Alex Bergantin disse:

    Parabéns pela pescaria! Show de bola mesmo.

    Gostaria de saber mais sobre o chicote (qual a bitola de linha tamanho mais ou menos etc…).

    Grato!

  4. Fernando disse:

    Bela pescaria Kleber parabéns……Me tira uma dúvida cara; entre as varas Kenzaki e New pampo ambas de 2.70 mt qual vc considera a melhor, como experiência de pescador….

  5. Ricardo Massaro disse:

    Fernando, particularmente prefiro a Carisma, da Star River de 2,40m 25lbs ou a Yume Blade de 2,40, que tem 40lbs. São excelentes para arremessar e são boas de “briga”. Tenho alguns amigos que utilizam a pampo e de vez em quando o cabo quebra durante a briga. Mas, como cada pescador tem sua preferência, fica a seu critério. A Kenzaki também é excelente. Abs.

  6. leo disse:

    Parabéns pra equipe e pelo Tambão capturado , pescaria Show de bola .

  7. Sergio disse:

    Bela pescaria srs.

    Que saudade….. Dentro de alguns dias nas ferias estarei por la. Espero ter a mesma competencia para pegar pelo menos 1 destes que vcs pescaram.

    Abs,

  8. André disse:

    A linha usada era entre 0,45 e 0,50 com anzol sasame 2/0 e 1,50m de chicote ligado direto em boa de arremesso de 35 a 60 gramas;

  9. Kleber Sanches disse:

    Fernando, eu tenho a Pampo (antiga), a Kenzaki e a Kenzaki Light e prefiro a Kenzaki Light entre todas elas. Apesar de não ter tanta diferença para o modelo anterior da Kenzaki, acho que ela enverga um pouco mais. É uma vara que te dá total segurança na briga para forçar um pouco qdo necessário sem correr riscos. A Pampo já vi mtas quebrarem, principalmente se for deixada em suporte. Grande abraço!

  10. Kleber Sanches disse:

    Alex Bergantin, sempre utilizo cerca de 1,5 a 2 metros de chicote de linha 0,50 monofilamento. O anzol é de robalo 3/0 sasame. Faço mais a montagem do pão com bóia cevadeira e as vezes com torpedo, sempre com um pequeno chumbo solto na linha da carretilha para servir de poita. O André também já escreveu a preferência dele. Abraços!

  11. rafael disse:

    o ruin e que de sabado la sem chance de pescar, parabens pelo peixe, mas pescar que nem vcs estava nesse dia com umas 10 varas e ruin de final de semana , eu fui la na parte da tarde eu vi voces la abraço belo peixe

  12. Tibério disse:

    Ótimo dia de pesca…
    Eu vou bastante no pesqueiro Santo Antonio em Paulínia…gosto muito de la.. mas ultimamente os tambas não estão subindo na ração tb…tenho pegado muito pacu, mas os tambas mesmo estão dificeis…vou começar a deixar uma vara com pão e ver o q acontece…

  13. Kleber Sanches disse:

    Valeu Rafael! Deveria ter ido falar com a gente pra trocarmos uma idéia. Só não estávamos com 10 varas hehe Cada um pescando com 2 varas apenas. Eu em diversos momentos com 2 varas com pão e as vezes uma na cevadeira e o André com 1 no pão e 1 na cevadeira. Grande abraço!

  14. Joao disse:

    Parabéns pela materia.Tem que sair que horas de campinas para chegar as 06:00 no pesqueiro?

  15. fernando disse:

    Bela pescaria fiquei ate com uma enorme vontade de ir o inveja parabens Klebao belo exemplar de bagua

  16. Joedes disse:

    qual melhor pesqueiro de SP para brigas pesadas com baguás? o córrego das antas tem uma fama imensa, assim como lago azul, castelinho, taquari… mas qual deles realmente tem monstros na ponta da linha garantidos?

  17. Julio - Jundiaí disse:

    Boa noite Klebão, blz de pescaria mais uma vez né?
    Viu? Qual a faixa de preço da vara Kenzaki Light? Era uma dessas que vc está usando no video da TV Loucos 25 no parque do lago? Ou era uma HunterFish?
    Aguardo essas informações suas e agradeço a atenção desde já.
    Ah e vale ressaltar que está sendo legal ver os “Relatos do Leitor”, aconselho a todos dar uma olhada lá frequentemente porque esse canal está trazendo informações de uma grande quantidade de pesqueiros em tempo real, legal e pelo jeito vai ficar cada vez melhor conforme a galera for usando.

    Abraço

    Julio

  18. matheus disse:

    veioo no pão de queijo tbm bate lindo

  19. Kleber Sanches disse:

    João, dá mais ou menos 1 hora e 30 minutos de Campinas até o Taquari. Abraços!

  20. Kleber Sanches disse:

    Joedes, considero o Córrego das Antas como o mais garantido com ctz. Lá sempre saem mtos gigantes para os pescadores que frequentam e pescam conforme deve ser por lá, já que o pesqueiro tem suas particularidades. O Taquari tem MTOOOOO Tambacu gigante e tb acontece mto de capturarem exemplares acima de 25 e 30kg. Todos que vc citou são excelentes, só o Castelinho que eu considero forte mais em Pirararas gigantes do que Tambacus, pois são mais raros os tambas acima de 20kg capturados lá, apesar de ter no lago sim. Abração!

  21. Kleber Sanches disse:

    Julio, eu estava usando a Hunter Fish neste programa. O preço da Kenzaki Light na loja virtual do nosso parceiro Romano Pesca está apenas 130 reais e é uma excelente vara que uso em todas as minhas pescarias qdo preciso de um arremesso um pouco longo ou quando há gigantescos Tambacus. Grande abraço!

  22. Lilian disse:

    Olá!

    Sou nova na pescaria e adorei a dica!! Só tenho uma dúvida quanto a mostagem do equipamento. A chumbada deve ser colocada solta na linha ou devo fixá-la?

    Obrigada!!

  23. Gustavo araujo disse:

    Parabéns!!
    E a vara new pampo? O que acham dela? Comprei uma de 2 70 para cevadeira.
    A equipe usa arranque na linha de multi??

    Abraço

  24. Kleber Sanches disse:

    Lilian, a chumbada deve ficar solta na linha. A New Pampo é uma excelente vara amigo. Não entendi o que seria o arranque citado. Abraços!

Deixe um comentario