Recanto dos Peixes – 10/01/12

Um trio de jovens leitores do Loucos por Pesca fez uma boa pescaria de Tambacus neste inicio de ano. O pesqueiro não poderia ser outro! Em matéria de quantidade, o Recanto dos Peixes é quase imbatível e rendeu boas fisgadas aos amigos. Um gigante ainda apareceu para coroar a pescaria!

 

 

 

Olá amigos leitores do Loucos por Pesca!

Fazia pouco tempo que eu (Gabriel Zara) e meus amigos (Calebe e Shinori) não íamos pescar. Certo tempo atrás tinha perguntado ao Kleber sobre um bom lugar de pesca para pegarmos os tambas na cevadeira e ele me recomendou o Recanto de Monte Mor. Eu enrolei bastante pra ir, mas dessa vez decidi conhecer esse maravilhoso pesqueiro, onde há uma quantidade absurda de tambas.

No dia 10/01/12, saímos de casa 6h20min da manhã e trinta minutos depois já estávamos na porta do pesqueiro. Descemos no último lago, nos arrumamos em um quiosque e armamos dois equipamentos cada um:

Gabriel Zara

Carretilha Curado, vara stallone 1,80m, bóia barão gigante com os eva’s

Carretilha Matic, vara new pampo 2,40m, bóia barão grande na ração ou sebo

Calebe

Carretilha Curado, vara de 1,98m, bóia barão grande com eva’s

Carretilha Black Max, vara kenzaki 2,40m, bóia barão com sebo ou salsicha

Shinori

Carretilha Bass, vara megaforce 1,80m, bóia barão grande com eva’s

Carretilha Brisa, vara kenzaki light 2,40m com salsicha de fundo

Equipamentos armados só que no começo da manhã decidimos apenas pescar com uma vara cada um, deixando de lado as iscas de meia-água para quando as atividades no eva acabasse. Com as primeiras copadas e com o peixes comendo bem na superfície, Shinori tira o seu primeiro e Calebe captura outro em seguida.

Logo após, começou a chover e vimos que os tambas não estavam querendo comer os eva’s. Shinori colocou a vara iscada com salsicha e arremessou para tentar pegar os Pintados enormes do lago e logo ela enverga com força. Depois de um tempo de briga, um belo tamba aparece.

Enquanto ele brigava com esse peixe, minha bóia com sebo afunda e ai foi só alegria.

Antes de colocar o peixe no passaguá, ele simplesmente escapou, mas logo coloco outro sebo e foi fatal.

Shinori logo tira seu torpedo da água e volta aos eva’s, fazendo uma sequência de tambas.

Eu disse para o Calebe que o sebo seria inútil, tentei colocar brincando e olha ai o resultado: dois exemplares seguidos.

Em seguida, decidimos comer alguma coisa, já que as ações tinham diminuído e a chuva também.

A todo momento nós cevávamos e subiam vários tambas, só que eles simplesmente não entravam em nossos eva´s. Com muita insistência, Calebe conseguiu enganar um deles.

E até dubles saíram. A bóia do Shinori sumiu e ele demorou pra fisgar. Calebe chamou ele de lerdo e quando viu sua bóia tinha sumido e ele fisgou desesperadamente quase caindo da cadeira. Ele teve que escutar até o final da pescaria.

Depois de um tempo, o exemplar de melhor porte do Shinori se rende.

Eu até tentei a famosa ração com essência de banana, só que os peixes afundavam a bóinha da cevadeira e não eram fisgados. Foi ai que desisti e continuei no sebo, pegando meu último peixe nessa isca.

Então decidi ir para minha pescaria preferida, a de eva’s e miçanga. Cevei bastante e logo vem a primeira pegada forte de um bonito tamba.

Minutos depois é a vez de Calebe fisgar o seu. O peixe deu uma linda rebojada e levou tudo!

Os eva’s que deram mais resultados de manhã foram os marrons e a tarde só os caramelos.

Até que os tambas deram uma parada. Tentávamos cevar, mas poucos peixes estavam subindo e bem devagar, então Calebe resolve cevar e deixar a cevadeira mais tempo na água. Após cerca de 5 minutos, sua bóia afunda bem devagar com um pequeno rebojo, ele fisga e sua cevadeira vem bem na superfície. Eu falei: “é maior” e ele disse: “acho que não, está vindo tranquilo”. Depois que ele chegou na beirada, vimos o seu grande lombo e então a briga começou. Depois de vários minutos de briga do Calebe, resolvi jogar minha cevadeira, um grande rebojo afunda a bóinha, fisgo e tenho uma briga pesada enquanto Calebe tirava seu grandão que deu muito trabalho.

Um exemplar de 18kg pesado na balança digital da marine sports.

Após alguns minutos da soltura, eu tiro meu belo exemplar.

Mais tarde os tambas começaram a ficar mais ativos e vários exemplares foram pegos nos eva´s caramelos.

Os Tambacus do Recanto dos Peixes brigam muito, principalmente nas horas que eles começam a chegar nas beiradas. Você pensa que o peixe cansou e quando vê ele volta pro meio do lago tomando linha.

A chuva apertou e pouco antes de irmos embora Shinori pega mais um Tambacu.

Ainda fizemos um triplê, o que eu nunca tinha conseguido ainda, mas infelizmente não conseguimos tirar nenhum da água. Um cortou a linha do chicote do Shinori, já o meu e o do Calebe simplesmente escaparam na beirada, mas isso foi normal o dia inteiro. Cada um perdeu pelo menos 4 peixes na beirada, quase todos nos eva’s e miçangas, ora com chicote estourado ora mal fisgado.

Quase tudo já guardado e os peixes estavam fervendo em nossa ceva. Calebe joga sua cevadeira e pega o tamba saideira! Os tambas estavam muito ativos! As 18 horas era comum a bóia afundar na batida, mas tínhamos que ir embora. Enquanto eu ajudava o Calebe a tirar o peixe dele, minha bóia afunda mas não teve jeito.

E assim arrumamos o resto das tralhas e fomos embora super satisfeitos com o Pesqueiro Recanto dos Peixes de Monte Mor.

Gabriel Zara – 12 tambas

Shinori – 9 tambas

Calebe- 9 tambas

Alguns peixes de menor porte foram soltos sem registro.

Agradecimentos

A todos os funcionários do Recanto

Ao Décio Zara, que deu a oportunidade de conhecermos esse maravilhoso pesqueiro

Ao Kleber por me abrir essa oportunidade no site

Imagens: Gabriel Zara, Calebe e Shinori

Texto: Gabriel Zara

Pesqueiro Recanto dos Peixes

ESTRADA DE MONTE-MOR/SP – KM 19,5

Tel: (19) 3879-1834 ou (19) 9773-0031 (Luis)

AGRADECIMENTOS

Sua Loja Adventure – www.sualojaadventure.com

O Boto – www.oboto.com.br

Massa Farofa do Carlão

Você pode deixar um comentário, ou fazer um trackback para o seu site.

6 Comentarios to “Recanto dos Peixes – 10/01/12”

  1. Marcinho disse:

    parabens Gabriel, Shinori e Calebe bela pescaria e otimas imagens

    grande abraço

    Marcinho loucos por pesca

  2. Carlos Eduardo disse:

    Gostaria de deixar aqui a minha insatisfação com a administração do pesqueiro Recanto dos Peixes, pois no dia 28/01/2012 estive no local e o mato está muito alto, cada vez mais o espaço fica menor pra se passar para chegar no ultimo tanque. Poderiam olhar um pouco melhor com relação à estrutura, pois o pesqueiro em termos de peixe é bom, mais fica difícil ir num lugar assim com família tendo toda essa dificuldade.

  3. André disse:

    ô loco véio

  4. Shinori disse:

    Carlos a grama esta meio alta sim… em relação a chegar ao ultimo tanque é meio dificil mesmo pq tem mt barranco…mas depois disso a pescaria compensa muito.

  5. felipe silva disse:

    parabéns ae gabriel e compania,vcs estao mandando bem,lindos tambas,miçanga e evas neles,ahahahaha precisamos marcar uma em!

    abraço

  6. zaragiuseppe disse:

    Estou procurando por Décio Zara, deve ser meu primo por parte de Saverio Zara, falecido em Diadema Sp.

    zaragiuseppe@yahoo.com.br

    19 91836212 19 91208062 19 36234405

    Agradeço sua colaboração

    Zara

Deixe um comentario