Recanto dos Peixes – 06/09/11

Mais uma boa pescaria da equipe Loucos por Pesca neste pesqueiro que é uma excelente opção mesmo no inverno. Fisgamos diversos redondos na pescaria com bóias cevadeiras, tanto com ração, coquinho e nos conjuntos de evas e miçanga. Até uma gorda Pincachara apareceu!

 

 

 

Olá amigos!

Felizmente a nova temporada da minha espécie preferida nos pesqueiros está prestes a começar. Aos poucos os redondos estão voltando a se alimentar e agora cada vez mais estarão presentes nos braços dos pescadores. Esse ano, estamos enfrentando um clima diferente, onde está demorando mais para firmar o tempo e novas chegadas de frentes frias estão nos atrapalhando e atrasando o começo da época propícia para fisgarmos os gigantes Tambacus.

Decidimos então ir ao Recanto dos Peixes de Monte Mor, pesqueiro onde eu sempre realizei boas pescarias de tambas, independente da época do ano. Por se tratar de um lago pequeno e habitado por centenas de redondos, é praticamente impossível o pescador sair de lá sem pelo menos algumas capturas.

Meus companheiros dessa vez foram os irmãos Fernando e Edgard, que não resistiram à possibilidade de fisgar uma boa quantidade de Tambacus mesmo com esse clima estranho que está prejudicando as pescarias. Foi a primeira vez que eles vieram até o local e tenho certeza que foram embora já pensando em um possível retorno.

Combinamos a pescaria para um dia da semana, pois estou acostumado a encontrar o pesqueiro sempre muito cheio aos sábados e dessa vez queria um pouco mais de tranquilidade e aumentar a possibilidade de fisgar mais peixes.

Chegamos no Recanto dos Peixes e logo o portão foi aberto. Nos acomodamos no último lago, onde há a maior concentração de Tambacus, e cada um armou apenas um equipamento para iniciar a busca pelos bichões.

Os peixes estavam pouco ativos inicialmente e o aerador ligado atrapalhava a concentração de ração no lago, porém, com menos de trinta minutos de pesca, o Edgard fisgou o primeiro! No esquema infalível da cevadeira com chicote curto e uma ração com essência de banana no anzol chinú, se rende um belo exemplar!

Como eu não posso deixar passar batido alguns detalhes, gostaria novamente de pedir providências do pesqueiro, pois a grama estava alta e a distância (altura) do barranco para o lago complica a soltura dos peixes. É necessário quase deitar para soltar os bichos com cuidado.

Ficamos cevando por um tempo, mas os peixes não queriam saber de subir no inicio da manhã. Resolvi tirar o meu chicote de evas e miçanga e utilizar o mesmo esquema do Edgard, que eu sempre uso com bons resultados no Recanto dos Peixes! A bóia afunda com força e mais um bonito Tambacu estava fisgado!

As ações aconteciam a cada meia hora aproximadamente e dessa maneira o Edgard tratou logo de engatar seu segundo tamba do dia!

Falei aos amigos que as ações costumam melhorar a partir das 10h30min e eles não levaram a sério e acharam que fosse mais uma daquelas lendas de pescador. A resposta veio apenas cinco minutos depois do horário avisado! Desta maneira, o Fernando pega o seu primeiro Tambacu, com o esquema de um coquinho no anzol chinú à 10 cm de profundidade!

Os peixes não comiam constantemente as rações, tendo apenas alguns momentos esparsos de tambas na superfície. Neste dia precisávamos de um tempo um pouco mais fechado para ter sido ideal. O sol não se ausentou por nem um segundo sequer, dificultando a subida dos redondos.

Eu e o Fernando decidimos arriscar algumas copadas no lago de cima, onde há alguns Tambaquis, porém foi um dos negros mesmo que atacou a isca do amigo!

Foi em um momento de ápice do calor, por volta das 13 horas, que o primeiro dublê aconteceu! Eu insistia no eva e o Fernando com o coquinho, sendo ambos recompensados pelas nossas apostas! Engato primeiro e menos de um minuto depois é a vez do amigo.

Meu peixe logo se rende e enquanto isso o Fernando segue na briga!

Minutos depois é a vez dele ter o bicho nos braços!

Mais uma pausa nas ações, interrompida por um novo momento de euforia! A cena se repete, batida bruta no meu conjunto de evas e miçanga marrom e outro tamba na sequência no coquinho do Fernando. Conseguimos retirar os peixes ao mesmo tempo para mostrar a foto do dublê!

O Edgard armou uma vara com salsicha flutuante durante a tarde, tentando buscar algum peixe de couro, e com um arremesso certeiro próximo ao aerador, ele conseguiu a encrenca que buscava! A vara de apenas 20 libras envergava bonito e o lombo com belas listras e pequenas pintas revelava a Pincachara!

A briga foi boa e a recompensa veio quando o peixe se rendeu, um bonito exemplar para o Loucos!

Peixe muito gordo e bocudo!

Menos de vinte minutos depois, aproveitando um momento em que os peixes estavam subindo com mais frequência para comer, o Edgard captura mais um Tambacu, desta vez no mesmo esquema do coquinho que o Fernando tinha bons resultados!

Neste finalzinho de tarde, as ações melhoraram bastante! Os peixes estavam subindo mais e acabavam atacando um pouco abaixo da superfície.

Tentei todas as cores de evas e miçangas e infelizmente eles não estavam entrando, então resolvi adotar o esquema que estava infalível, bela escolha! Finalmente voltei a engatar os manhosos do Recanto dos Peixes!

Foram várias bóinhas afundando no final de tarde!

Era impressionante, pois quase todos os peixes que eu fisgava, logo olhava pro lado e estava o Fernando dando a fisgada! Assim os dublês continuavam acontecendo.

Quando o sol já estava nos deixando, no momento de guardar as tralhas, deixei meu coquinho na água logo após a sirene tocar e não tinha como faltar a foto com o peixe saideira!

Neste momento estavam subindo muitos tambas e detonando todas as rações que sobraram no lago das nossas últimas cevadas. É impressionante, mas parece que os Tambacus do Recanto dos Peixes já se acostumaram com a sirene e sabem que neste momento os pescadores os deixam livres do perigo dos anzóis.

Gostaria de agradecer como sempre o Luis e as funcionárias do Recanto dos Peixes que nos atenderam muito bem. Aproveito para mandar um abraço ao amigo Kazu, leitor do Loucos por Pesca, frequentador assíduo deste pesqueiro e que estava lá neste dia.

Grande abraço a todos e VAMOS PESCAR!!!

Imagens: Kleber Sanches, Edgard Paiva e Fernando Paiva

Texto: Kleber Sanches

E-mail: kleber@loucosporpesca.com.br

Pesqueiro Recanto dos Peixes

ESTRADA DE MONTE-MOR/SP – KM 19,5

Tel: (19) 3879-1834 ou (19) 9773-0031 (Luis)

AGRADECIMENTOS

Sua Loja Adventure – www.sualojaadventure.com

O Boto – www.oboto.com.br

Massa Farofa do Carlão

Você pode deixar um comentário, ou fazer um trackback para o seu site.

14 Comentarios to “Recanto dos Peixes – 06/09/11”

  1. Cazu disse:

    Bela pescaria hein,

    Os peixes soh queriam as iscas do LOUCOS………

    Q venha o verão e vamos pescar……………..

    Abçs

  2. ANDERSON disse:

    GRANDE PESCARIA , GOSTARIA DE MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O PESQUEIRO , TIPO O QUE LEVAR COMO ISCA , É PERTO DE SAMPA ? O LAGO É GRANDE ? SOBRE O COQUINHO , O QUE É E ONDE ENCONTRAR SERIA POSSIVEL ENVIAR UMA FOTO????? AGRADEÇO E PARABENS PELO SITE , GOSTO DA SIMPLICIDADE E HUMILDADE DA TURMA , DIFERENTE DE OUTROS SITES QUE OS PESCADORES PÁRECEM SER MUITO ARROGANTES E MENTIROSOS .

    ABRAÇO ANDERSON

  3. bruno disse:

    Parabens, muito show a matéria, voces sabem a média em kilometros de sao paulo até lá ??
    Abraços e mais uma vez parabens pelas matérias, equipe do “loucos” sempre com bons peixes na linha.

  4. Fernando Mena disse:

    Muito show de bola, pois já tinha marcado uma pescaria para este fim de semana neste pesqueiro e a matéria veio muito a calhar, mas… da próxima coloquem a foto do conjunto “boinha coquinho” pra galera e, também, uma geral do tamanho do lago!

    Muito show esta pescaria, espero que quando for ai pegue ainda mais no tanque das matrizes!

  5. Gabriel Zara disse:

    kkkkkk essa da sirene foi boa…. no santo antonio eh meio assim tmb isso qnd o dia ta bom na hr q agente sai os bixo vao comer rsrs
    abracos

  6. Kleber Sanches disse:

    Anderson, primeiramente agradecemos os elogios. O pesqueiro fica há aproximadamente uns 120km de São Paulo se não me engano. Os lagos são pequenos, porém cheios de peixes! Neste lago que pescamos tem MTO Tambacu na faixa de 8 a 15kg principalmente. Exemplares de 16 até 25kg tb estão presentes, sendo mais raros os acima de 20kg. Iscas boas lá: beijinho, salsicha, ração, miçangas, massa (fundo), minhococu. Abração! O coquinho vc encontra em loja de pesca mesmo. Veja a foto! É o que está na parte superior do lado esquerdo na foto: http://loucosporpesca.com.br/wordpress/wp-content/uploads/2009/08/micangas_diferentes.jpg

  7. Kleber Sanches disse:

    Valeu Bruno! Como disse ao Anderson, creio que dê uns 120km de São Paulo até o Recanto dos Peixes em Monte-Mor. Abração e boas pescarias!!!

  8. Kleber Sanches disse:

    Valeu Fernando! Dicas anotadas hehe Dê uma olhada em nossas outras matérias que com ctz tem foto do lago onde vc poderá ver seu tamanho. Ele é bem pequeno, mas o fato de ter MUITO Tambacu compensa isso, pois é garantia de muitas fisgadas e ações. Grande abraço, boa pescaria e depois nos conte aqui como foi lá!

  9. felipe silva disse:

    Bela pescaria loucos,parabens pelos tambas e pela bela pincachara!
    esses dias encontrei com o neto no pesquiero do paulo dalbem e ele me deu muitas dicas sobre a pescaria com e evas e miçangas,e sempre bom dicas de um membro da equipe da loucos,pra mim sem duvida a melhor em materia de pesca em pesqueiros!
    Depois das dicas do neto resolvi ir no sabado passado no santo antonio dar umas copadas atras dos tambas,e num deu outra,conjutinho de evas e miçanga,evas caramelo e bolinha de futebol,o maximo foi um de 14 kilos,mas q pra mim ja foi o suficiente pra minha primeira pesca com evas,e isso ae,cevadeira neles,ahsuahs,abraço aos loucos e vamos pescar!

  10. juninho disse:

    vcs teem um dia previsto para voltar la?
    e tambem bem q voces podiam gravar uma tv loucos la no recanto neh

  11. Vinicius disse:

    Olá amigos…. excelente matéria. Como faço para chegar ao pesqueiro? qual a distância de São Paulo? Qual o melhor caminho? Obrigado

  12. Renato disse:

    Muito boa pescaria, a ultima vez que fui peguei pouco, tava muito frio, mas é certo mesmo, quando for no Recanto você não sai sem nada!
    Só esperando diminuir o vento que anda ultimamente, já vou começar a pescaria de novo no Recanto…….

    Abcssss !

  13. Fernando disse:

    Uma dica importante na pesca de fundo e infalivel é NÃO usar empate de aço, chumbada, ou seja, usar anzol direto na linha, massa P40, linha solta e ponta da vara baixa!!!

  14. Tiago disse:

    Olá Kleber, gostaria de saber qual é melhor lago para ir? Eu liguei la fui informado que existem 5 lagos, qual devo ir para pesca de cevadeira e torpedo?

    Valeu

Deixe um comentario