Pesqueiro Recanto dos Peixes – 25/06/11

Realizamos uma excelente pescaria de Tambacus com bóias cevadeiras, onde fisgamos vários exemplares mesmo com a chegada do inverno que promete ser bem rigoroso! Acompanhem essa dica e aproveitem um dos poucos lugares que poderemos pegar os redondos nesses meses congelantes!

 

 

 

Sabendo que um dia de boa pescaria de redondos estava praticamente impossível de acontecer, resolvi juntar todos os fatores que pudessem de alguma forma colaborar para conseguirmos fazer uma matéria com bons Tambacus.

O frio chegou definitivamente, mas na semana passada vi uma possibilidade aparecer. Por alguns dias tivemos um clima mais agradável, com temperaturas um pouco mais elevadas. Fiquei de olho na previsão do tempo e marquei a pescaria para sábado, já observando que no domingo deveria chegar mais uma frente fria, o que se confirmou depois.

O parceiro escolhido para essa missão foi o meu grande companheiro de pesca com cevadeiras, Neto Abdalla. Eu sabia que não poderia escolher qualquer pesqueiro, pois mesmo com a ligeira melhora de clima, os redondos estariam manhosos e com pouca vontade de se alimentarem. Fiz a escolha pelo Recanto dos Peixes de Monte Mor, velho conhecido e que raramente falha quando o objetivo é a pesca de Tambacus.

Chegamos logo na abertura do local e já tinham seis carros aguardando na fila. Carro estacionado e levamos as tralhas para a beira do lago. Apesar da época, fizemos a escolha pela pescaria com bóias cevadeiras, pois o vício fala mais alto nessa hora.

Iniciamos tentando pescar com evas e miçangas, porém logo vimos que seria praticamente impossível tirar qualquer tamba naquele dia com essa montagem. Alteramos o esquema e foi nos primeiros arremessos com coquinho à cerca de 30cm de profundidade que engatei o primeiro do dia.

O frio estava forte nas primeiras horas da manhã e a névoa cobria todo o lago. Tivemos uma pausa nas ações por um grande tempo e decidi armar meu esquema infalível no Recanto dos Peixes. A montagem com bóia cevadeira, chicote e ração com essência de banana iscada no anzol chinú. Dessa vez tive que usar um chicote um pouco maior, cerca de 50cm, pois os peixes não estavam ativos na superfície. Dá-lhe tamba!

Esse já era um bom exemplar e bem gordo!

Seguindo com o mesmo esquema, obtenho resultado novamente quando já nos aproximávamos da hora do almoço.

O Neto insistiu um pouco mais nas miçangas e conseguiu fisgar o seu primeiro na bóia cevadeira com 20 cm de altura.

Resolvi fazer uma montagem semelhante, também usando a bóinha auxiliar para manter a cevadeira mais longe da ceva, porém isquei a ração com essência de banana ao invés da miçanga e o resultado foi imediato!

Percebendo que os peixes estavam um pouco mais ativos e minha outra bóia cevadeira não estava mais afundando, reduzi o chicote deixando bem curto, da maneira que costumo utilizar no calor quando vou ao Recanto dos Peixes. Não demorou mais que cinco minutos pra mudança surtir efeito!

Em menos de vinte minutos, a mesma bóia me dá outra alegria!

Esse tamba deu muito trabalho para sair na foto, pois se debateu demais e o Neto estava com peixe engatado. Em todos os momentos que ele clicava pra bater a foto, o meu tamba se debatia e complicava o registro. Com paciência fotografamos o briguento e o Tambacu do Netinho.

Se considerarmos que já estamos no inverno e praticamente no mês de julho, fizemos uma ótima pescaria com bóias cevadeiras. O Recanto dos Peixes é um excelente pesqueiro para se ter muitas ações e mesmo nessa época é possível fazer uma boa pescaria por lá. E lá vem mais tamba para o Loucos!

Boas sequências aconteceram em alguns momentos. Eu insisti na ração percebendo a dificuldade em se fisgar os bichos nas iscas artificias como miçanga, coquinho, caroço de azeitona etc.

Estávamos no finalzinho da tarde, o Neto já tinha inclusive desistido da pescaria e guardado seus equipamentos, quando fiz a premonição: “fica tranquilo que teremos mais uns 15 minutos de correria no final do dia”. Dito e feito! Logo após tocar a sirene avisando que o horário de pesca estava prestes a encerrar, minha cevadeira afunda.

Soltei rapidamente o exemplar e arremessei novamente no mesmo lugar. A bóia mal ficou parada na água e já afundou para me trazer outra alegria!

Aproveitei o belo cenário que estava ao fundo!

Enquanto iscava a ração no anzol, falei para o Neto arremessar minha outra vara já que tinha deixado as duas no mesmo esquema de chicotinho curto direto na cevadeira. Mostrei o local onde as ações estavam acontecendo e o pescador arremessou sem pretensão, totalmente desiludido. Para surpresa do Netinho, a bóia afundou rapidamente e ele começou uma briga um pouco mais pesada. Para coroar o excelente final do dia, engato outro peixe também e fazemos o dublê!

Tive que colocar a máquina no timer para conseguir esta foto, mas logo depois soltei meu peixe e pude registrar com calma o grande redondo do amigo.

Guardamos toda a tralha e fomos embora satisfeitos pela boa pescaria de redondos na cevadeira que conseguimos fazer em pleno inverno. Infelizmente não foi possível fisgar no eva que é nossa preferência, pois eles não estavam subindo constantemente, porém principalmente na ração foram muitas capturas!

Quero mandar um grande abraço a todos os leitores que nos prestigiam, especialmente nessa matéria aos novos amigos que fizemos, o bugrino Juninho e seu pai, ambos de Campinas e frequentadores dos pesqueiros da região. Eles foram lá apenas para ver como estava a pescaria e vieram conversar conosco, revelando-se grandes fãs de nosso trabalho, o que nos deixa muito satisfeitos e felizes.

Mesmo com o inverno prometendo ser bem rigoroso, a Equipe Loucos por Pesca se compromete a tentar fazer boas pescarias para trazer matérias interessantes a todos vocês. Em breve a TV Loucos 12 estará no ar com uma boa opção de pesca para essa época.

PODE FAZER FRIO OU GEAR, ESSES LOUCOS IRÃO PESCAR!!!

Abraços a todos!

Imagens: Kleber Sanches, Neto Abdalla

Texto: Kleber Sanches

E-mail: kleber@loucosporpesca.com.br

Pesqueiro Recanto dos Peixes

ESTRADA DE MONTE-MOR/SP – KM 19,5

Tel: (19) 3879-1834 ou (19) 9773-0031 (Luis)

AGRADECIMENTOS

O Boto – www.oboto.com.br

Massa Farofa do Carlão

Você pode deixar um comentário, ou fazer um trackback para o seu site.

11 Comentarios to “Pesqueiro Recanto dos Peixes – 25/06/11”

  1. Marcinho disse:

    Kleber e Neto, deixam os bixos dormir quetinhos no frio, deixa eles hibernarem tranquilo, bora pesca cabeçuda kkkkkkkk, zueira heheheheh realmente apesar do pesq ser muito bom, nesta epoca arrancaram leite de pedra , mas tambem axo q o tempo hoje em dia da muita reviravolta e temos q ficar de olho.
    parabens bela pesca

    valeu

    Marcinho loucos por pesca

  2. Adriano disse:

    Parabéns a vocês pela bela matéria!! Estive lá um dia antes de vocês para conhecer e fui embora um pouco depois do almoço pois perdi 10 peixes após 5 minutos de briga com cada, eles escapam muito facil! Os peixes lá são muito manhosos e achei o lago muito pequeno…tem que tomar cuidado para não acertar a outra margem…qualquer corrida e dá enrosco se o lago estiver cheio…no mais o pesqueiro possui grandes exemplares e muita ação, porém, o tamanho do lago, a falta de poder almoçar no local e o fato dos peixes serem muito manhosos não me agradou…

    Abs!

  3. Cezar disse:

    Kleber,

    Como os dias estavam quentes, resolvi ir com meu sogro por lá na quarta-feira, véspera do feriado. Tinha nós e mais tres pescadores. Lá chegando, armei de fundo com salsicha e na boia cevadeira armei com missanga comum. Demorou umas duas horas, mas depois, foi tamba de 12 e 9 kg, perdi com a linha cortada mais tres e no final da tarde mais um belo exemplar. Independente do tempo, nesse pesqueiro, o bicho pega…quer dizer….o tamba entra e principalmente na miçanga e no coquinho há uns 20 cm da superfície nessa época.
    Parabéns pela matéria e vamos em frente…..

    Cezar

  4. Fernando facchin disse:

    aew kleber bela materiaaaaa de inverno com tamba.
    porra netinho ateh no inverno pegando tamba grande quanto peso uns 18 20kg?

  5. Gabriel Zara disse:

    ixi qnt tamba em Kleber do jeito que vc me falow em hehe

    Bela “surpresa“ em ficou muito show mesmo no inverno em….

    Abracao

  6. douglas disse:

    acompanho o trabalho de vcs a algum tempo e me surpreendo a cada materia,nao costumo pescar no no inverno,a nao ser lambari em poços de caldas,porem depois dessa materia to pensando em arriscar viu….parabéns pelo trabalho de vcs…..

  7. Murilo disse:

    Bela materia, parabens! Espero que continuem assim!

  8. netinho loucos disse:

    valew ai pessoal por ter gostado da matéria,klebão arrebenta la heim!enquanto eu pegva 1 ele pegava 4 kkk.esse do final se nao fosse ele p pedir p jogar no lugar do fervo xii eu nem teria jogado! mas realmente o pesqueiro e ótimo p que gosta de tambas heim!

  9. junior disse:

    eai blz.
    otima materia em.
    ah e tambem vcs erraram meu nome é juninho mais da nada naum

  10. Kleber Sanches disse:

    Valeu Juninho. Já alterei na matéria ok? Tinha ficado na dúvida realmente sobre o seu nome hehe Grande abraço!

  11. LUIS DIADEMA disse:

    BELA PESCARIA

    GRAÇA A VOCES FUI NESTE PESQUEIRO E NÃO ME ARREMPENDI MUITO BOM MESMO ……

    PARABENS PESCADOR.

    ABRAÇO PESCADOR

Deixe um comentario