Pesqueiro Bem-Te-Vi – 12/03/11

Uma excelente pescaria foi realizada num dia de muita chuva em Piracicaba. A quantidade de Tambacus na cevadeira foi impressionante, com dezenas de exemplares fisgados após explodirem nos evas e miçangas. As Pirararas também marcaram presença com suas costumeiras brutalidades!

 

 

 

 

E ai amigos do Loucos!

Após passar o carnaval com vontade de praticar o esporte pelo qual sou “louco”, resolvi me programar para uma pescaria na modalidade que mais gosto, redondos com bóia cevadeira. Comecei a pensar qual local teria maiores chances de me proporcionar um dia espetacular e logo lembrei do Pesqueiro Bem-Te-Vi de Piracicaba-SP.

Há tempos estava devendo uma visita ao excelente pesqueiro do meu amigo Francisco. Liguei para ele e as notícias, como sempre, eram muito boas. As informações apontavam para uma grande possibilidade de fazermos uma pescaria bem farta apesar dos fortes temporais que atingem todo o estado nos últimos dias.

Os amigos Thiago Camilotti e Bruno Barbin me acompanharam nesse dia de aventura. Passando pela Rua do Porto, observamos o Rio Piracicaba extremamente cheio e não muito longe de estourar. Chegamos na porta do pesqueiro no horário de sua abertura e aguardamos um pouco, pois o Francisco não conseguiu passar de carro nas proximidades devido as fortes chuvas que atingiram a região. Por sorte tínhamos passado um pouco antes e encontramos condições razoáveis para fazer o caminho necessário.

Assim que ele chegou e abriu o pesqueiro, ficamos por um bom tempo conversando  e sem pressa fomos descarregando os equipamentos do carro. A chuva era nossa companheira desde a saída de Campinas e não parecia que daria trégua tão breve.

Nos acomodamos na minha lateral preferida do lago, onde as condições estavam complicadas porque o chão estava barrento e escorregadio. O Thiago mau tinha armado seu primeiro equipamento com salsicha de fundo, quando virou de costas e já vimos sua vara envergando. O primeiro dos Tambacus famintos se rendeu!

Armei minha vara de fundo e parti pra pescaria com bóia cevadeira. Estava impressionante a quantidade de tambas comendo na superfície. Era a bóia bater na água que já pulavam pelo menos uns três peixes no mesmo instante. Fisguei mais de cinco exemplares e durante a briga eles acabavam escapando. Fiquei um pouco irritado e resolvi trocar de conjunto. Acho que o anzol estava sendo o problema, pois os resultados melhoraram.

Como o pesqueiro estava tranquilo até então, resolvi armar uma vara na lateral do lago e não demorou muito para a tuvira ser devorada por uma linda e briguenta Pirarara. O cabo de guerra demorou para ser vencido. O peixe jogou sujo e chegou a levar para um enrosco no cano que estava submerso, mas com paciência dominei a bigoduda.

Utilizando um conjunto mais leve igual estava, com vara de 35lbs, carretilha Daiwa Millionaire (perfil redondo) abastecida de linha multi 50lbs, a briga é muito mais prazerosa e justa.

Hora de soltar a briguenta. Essa deu trabalho!

O Bruno pegou seu primeiro tamba do dia na salsicha.

Os dois amigos preferiram mudar de ponto, já que estava até perigoso ficar naquela margem tão encharcada e barrenta. Minha vara envergou novamente e o Bruno fisgou a Pirarara pra mim, porém essa danada estourou a linha e venceu a batalha.

Decidi aproveitar um pouco os redondos que subiam bem e fiquei apenas com a cevadeira armada. Ai foi um espetáculo de pescaria, muita ação!

O Bruno viu sua vara com minhocoçu no fundo envergando firme em uma das esquinas do lago e confirmou a fisgada. As Pirararas estavam bem ativas no começo do dia. Boa briga e o peixe se rende.

Após fisgar alguns tambas e ver que ficaria complicado de fazer o registro pescando longe dos amigos, decidi mudar de lugar e fui pescar junto com eles.

Em poucos minutos, novamente uma envergada bruta na vara e o Bruno parte pra uma briga bem pesada e cheia de tomadas de linha.

A Pirarara deu uma grande volta no lago, chegando a enroscar na linha de um dos pescadores que tinha chegado há poucos instantes. Com paciência, o Bruno trouxe a bruta para os seus braços.

Essa Pirarara tinha uma “corcunda” bem grande!

Fiz uma sequência incrível de tambas em seguida.

Foram mais de 10 exemplares engatados. A cada arremesso era um peixe que grudava em meu conjunto de evas e miçanga caramelos.

O Bruno também aproveitou e fisgou o seu no torpedo com chicote longo e minhocoçu.

Cevadeira na água e peixe na ponta da linha!

Tive que trocar de conjunto por diversas vezes, pois os tambas do Bem-Te-Vi são muito brutos. Apesar de não serem os maiores exemplares, esses briguentos arrebentam evas, quebram miçangas etc.

Só quem já pescou no Bem-Te-Vi vai entender o que estou falando desses peixes. Haja braço pra tanta puxada desses esfomeados.

Utilizei miçangas caramelo, marrom, bolinha de futebol vermelha, marrom e todas com excelentes resultados.

Observem Bruno ao fundo tirando um redondo, que logo em seguida se entrega.

Depois foi a vez do Thiago brigar enquanto eu registrava o menor exemplar do dia.

Essa briga foi melhor e o Thiago teve paciência para esperar o peixe cansar.

Um bom Tambacu nos braços vem depois como recompensa.

A salsicha no fundo armada na vara do Bruno sofria beliscadas a todo instante. Curioso, ele conseguiu ferrar o peixe e descobriu que eram os manhosos Corimbas.

O final de tarde foi de muita ação na bóia cevadeira. Fiz um chicote mais caprichado, com 2 evas cor de ração na linha, 2 no anzol de robalo 2/0 e uma bolinha de futebol marrom. Foram dezenas de capturas, uma atrás da outra, com muitos tambas escapando e alguns vindo pro registro.

Alguns exemplares não foram fotografados, pois eu estava a todo vapor na luta pra tentar um Tambacu maior, já que tinha fisgado dezenas de peixes de médio porte.

Os amigos já tinham guardado a tralha, pois queríamos pegar a estrada ainda de dia, quando a minha bóinha vai com força pra baixo e travo o bicho. A briga é um pouco melhor e um Tambacu maior se rende.

Enquanto tirava esse redondo, minha vara com tuvira quase encostou a ponta na água e o Bruno assumiu a briga. Com certeza uma Pirarara de bom porte estava do outro lado, porém infelizmente ela conseguiu escapar.

Fomos embora antes das 18 horas, mesmo com forte vontade de continuar pescando, porém foi uma escolha acertada já que não sabíamos quais condições enfrentaríamos na estrada. A Rua do Porto estava alagada, mas como passamos em uma paralela a ela, não tivemos problema para retornar às nossas cidades.

Gostaria de agradecer ao Francisco pelo bom atendimento e parceria de sempre com o Loucos por Pesca. Estendemos os agradecimentos aos funcionários que nos atenderam à beira do lago, servindo salgados e bebidas.

Grande abraço a todos e VAMOS PESCAR!!!

Imagens: Kleber Sanches, Thiago Camilotti, Bruno Barbin

Texto: Kleber Sanches

E-mail: kleber@loucosporpesca.com.br

Pesqueiro Bem-Te-Vi
Estrada Piracicaba-Anhembi (SP 147), km 07 – Piracicaba/SP
Tel: (19) 3041-7672 ou (19) 9716-4278

AGRADECIMENTOS

O Boto – www.oboto.com.br

Massa Farofa do Carlão

Você pode deixar um comentário, ou fazer um trackback para o seu site.

10 Comentarios to “Pesqueiro Bem-Te-Vi – 12/03/11”

  1. Rodolfo Lenzi disse:

    Parabéns aos parceiros pela pescaria e pela coragem de sair de casa com aquela chuva.

    Curti a Pirarara de Notredame!

    Abraço.

  2. Edinho disse:

    Que blz hein?!

    Foram bem recompensados pela chuva!

    Abraços galera!

  3. Mario rossi disse:

    Parabens pelos peixes e pela coragem de enfrentarem a chuva , e como disse em outros comentarios , o BEM- TE- VI , assim como o seu pessoal não tem erro ,é dia BELEZA na certa

  4. Vitor CPS disse:

    Como sempre os loucos detonando. Arrebentaram na chuva.abs

  5. Gazetto disse:

    Detonaram nos tambas pessoal parabéns. Valeu por voltarem ao bemtevi pq gosto mto de ir la e ver as materias de vcs. abracos

  6. Breno Sorocaba disse:

    Espetacular essa materia loucos. Gostaria de saber em qual micanga e evas teve maior produtividade com a cevadeira? abracao

  7. netinho loucos por pesca disse:

    aooo essa ficou bruta heim!agooora eu….vixxxxx so me leva nos lagos nativos de beira de estrada.kkk valewww klebão

  8. Douglas Galbiatti disse:

    Bela pescaria galera do loucos…encontrei o site há algum tempo e trabalho de vocês é bastante interessante e de ótima qualidade. Uma ótima oportunidade de comunicação para os loucos por pesca.

    Vocês precisam fazer uma matéria no Taquari atrás dos grandes redondos.

    É isso ai pessoal do Loucos. Parabéns a todos.

  9. LUY disse:

    PARABENS AMIGO DO LOUCOS MAIS UM OTIMA PESCARIA TO LOUCO PARA CONHECER ESSE PESQUEIRO GOSTARIA DE UMA DUVIA QUAL A DISTANCIA MAIS OU MENOS DO ABC ESSE PESQUEIRO ABRE NA SEMANA.

    ABRAÇO AMIGOS MAIS UMA VEZ PARABENS POR TODAS MATERIAS

  10. RENATO FREGATTI MAIA disse:

    MEU ESSE PESQUEIRO É SHOW VOU ME RESERVAR PRA NO FINAL DO ANO FAZER UMA PESCARIA LÁ…

Deixe um comentario