Pesqueiro Castelinho – 02 e 03/12/10

Nossa equipe fez uma excelente pescaria nesse começo de mês no Pesqueiro Castelinho, localizado na cidade de São Pedro. O local combina perfeitamente o contato direto com a natureza com excelentes exemplares de peixes. Muitos Tambacus e Pirararas atacaram as linhas de nossos pescadores.

 

 

 

Olá amigos leitores.

Gostaria de mostrar a todos que acompanham a nossa equipe como foi a nossa pescaria no mês de dezembro no Pesqueiro Castelinho, localizado na cidade de São Pedro.

Nessa pescaria tivemos a boa companhia do Gabriel e do Foca, freqüentadores antigos do pesqueiro. Chegamos no Castelinho as 18 horas e encostamos nossas tralhas onde Gabriel disse que era um dos seus pontos preferidos para as Pirararas.

Renan já foi logo montando seus equipamentos pesados para as piras enquanto eu decidi aproveitar o finalzinho do dia para fazer minha pescaria preferida, que é a de cevadeira. O Fabinho, amigo do Gabriel e do Foca, já estava cevando e então me chamou para pescar com ele.

Logo nos primeiros arremessos já tive um tamba engatado.

Enquanto eu tirava meu primeiro Tambacu, o Renan já estava com uma Pirarara na ponta da linha.

Nessa tarde, o Fabinho disse que os peixes estavam bem ativos e realmente pelo pouco tempo que pudemos aproveitar no finalzinho do dia, pude comprovar que os Tambas estavam com fome. Antes de escurecer ainda consigo fisgar dois redondos.

Nossos dias acampados no Castelinho prometiam muitas ações.

Depois montamos todos os nossos conjuntos para as Pirararas. As iscas usadas foram cabeça de Tilápia, minhocoçu e tuvira.

Ficamos um bom tempo sem ter uma ação, porém o silêncio no meio da noite foi interrompido pelo alarme da carretilha e assim chegava a minha vez de fisgar uma pira.

Passávamos das 22 horas quando essa danada saiu tomando linha.

Hora de soltar o peixe e recompensá-lo pela boa briga.

Exatamente uma hora depois, chega a vez da carretilha do Renan cantar alto. A Pirarara engoliu a Tuvira e saiu carregando com vontade. Nada melhor que uma boa pesca noturna em um lugar tranquilo como o Castelinho e com ações.

No decorrer da madrugada não tivemos mais ações e aproveitamos para tentar descansar em alguns momentos.

Assim que começou a amanhecer, eu já estava arremessando minha cevadeira atrás dos tambas. Nesse dia os peixes não pareciam tão ativos quanto no dia anterior, mas mesmo assim conseguimos fisgar ótimos exemplares.

Foram vários tambas entrando em nossos conjuntos de miçangas com eva.

Pescamos o dia inteiro com nossos amigos e leitores do site e os peixes entravam a todo instante. Ao fundo já estava Renan com a vara envergada para fazer o dublê.

Na sequência seu peixe também vem pra foto.

Não tiramos muitas fotos, pois as ações foram muitas e os tambas estavam todos nessa faixa de tamanho, mas a brincadeira foi muito boa e dublês acabaram acontecendo com certa frequência.

Depois do almoço, o Renan pegou seu conjunto de fly e resolveu ir atrás dos vorazes Tucunas que estão presentes nos lagos do Castelinho. Pouco tempo depois ele já estava com um bom exemplar envergando sua vara.

Fomos tomar banho e descansar um pouco já que as ações estavam mais fracas depois do almoço. No final da tarde voltamos a cevar e o Renan conseguiu engatar um grande Tambacu.

Nossos amigos também pegaram seus exemplares.

E no finalzinho do dia garanto minha diversão com algumas boas fisgadas também.

Já tinha escurecido quando resolvi fazer meu último arremesso de cevadeira antes de investir pesado nas Pirararas, e fui recompensado pela persistência peculiar dos “Loucos por Pesca”. Belo Tambacu fisgado nesse excelente pesqueiro que é o Castelinho.

Assim como no dia anterior, voltamos a atenção para as “bigodudas”. A noite estava fraca, o tempo também não estava ajudando e ficamos na beira do lago conversando na expectativa por alguma carregada de linha. Aproveitamos para pedir uma pizza, entregue lá mesmo no Castelinho.

De madrugada as ações melhoraram um pouco e finalmente ouvimos o tão sonhado barulho do alarme cantando. Primeiro foi a vez do Renan sair correndo e garantir a briguenta.

Cerca de duas horas depois, já as 4 horas da madrugada, uma boa puxada no minhocoçu e consigo garantir mais uma pro “loucos”.

Dá-lhe Pirarara!

Esse seria o último peixe na nossa maravilhosa estada no Castelinho. No dia seguinte guardamos nossas tralhas no carro e seguimos viagem de volta às nossas casas, satisfeitos com os bons peixes que fisgamos nesse excelente e não tão distante pesqueiro. O tempo aproximado para quem parte de Campinas é cerca de 1 hora e 15 minutos de viagem.

O que mais me impressionou foi a força dessas Pirararas, já que devemos considerar que nem conseguimos ter a sorte de fisgar uma das gigantes do lago. Imaginem só como essas maiores brigam. É necessário equipamento pesado e experiência para não deixar elas irem para os enroscos que são presentes no lago.

Tivemos informações que nossos amigos Gabriel e Foca fisgaram uma bela Pirarara nesse dia que fomos embora e depois eles nos enviaram a foto para compartilharmos com vocês.

Confiram abaixo mais algumas fotos de outra pescaria que realizamos no Castelinho nesse ano.

Tivemos o prazer de pescar com o nosso grande amigo e leitor Douglas, que inclusive já nos escreveu uma matéria para o Loucos por Pesca.

O pai dele garantiu um belo Tambacu no Castelinho.

A foto abaixo é um agradecimento ao Fabinho, que nos ajudou tirando algumas fotos dos tambas quando não estávamos com a máquina em mãos.

Para encerrar a matéria, acompanhem a bela estrutura do Pesqueiro Castelinho, destaque principalmente pela natureza e por manter o clima “selvagem” e natural que tanto gostamos de apreciar em nossas pescarias.

Agradecimentos ao Roberto pela boa recepção e a toda equipe do Pesqueiro Castelinho, um reduto de gigantes peixes.

Abraços a todos e bom final de ano.

Imagens: Neto Abdalla, Renan Marin e Fabinho

Texto: Neto Abdalla

 

Castelinho Pesca e Lazer

Rodovia SP-304 – São Pedro/SP

Tel: (19) 3481-3447 (Magali) ou (19) 9602-6051 (Roberto)

www.pesqueirocastelinho.com.br

Você pode deixar um comentário, ou fazer um trackback para o seu site.

9 Comentarios to “Pesqueiro Castelinho – 02 e 03/12/10”

  1. Gabriel disse:

    ae cara foi muito boa a pescaria e espero que nos façamos mas pescarias pra pega um pira grandeee!!
    VLW

  2. Gabriel Zara disse:

    Mais uma bela materia com muitos peixes ! parabens

    So tenho duvida de uma coisa todos esses peixes foram tirados no eva e micanga?

  3. Fernando disse:

    Parabens pela materia o castelinha é mesmo o reduto dos grandes tamba e pira.
    Muito bom as fotos do pesqueiro no final da materia ficaram muito legais é um local que estiga qualquer pescador

    abraços

  4. guto disse:

    Parabéns pelo grupo loucos… é de tempo que estou acompanhando Renam e Netinho estão de parabéns msm, mais e aquela barraca dormiram agarradinhos, (risos)

  5. Ricardo disse:

    Este lugar realmente é fantástico. Mês que vem estarei lá de novo.
    Abraços.

  6. Marcinho disse:

    parabens Neto pescaria e materia top

    grande abraço

    obs;esta oncinha no final foi demais heheheheeheee

  7. carlão (macarrão) disse:

    boa netinho
    parabens

    2011 vem com grandes materias tbm

  8. Silvio Fishingtur disse:

    Fala ae Netão, beleza meu velho?

    Bela pescaria e bela materia, com grandes peixes e grandes Brothers… Renan, Fabinho, Douglas… Show de bola e PARABÉNS pela pescaria.

    Precisamos marcar uma heim!?!?!?

    Abraços,
    Silvio
    Fishingtur.

  9. neto loucos disse:

    valew silvão!vamos marcar uma la no iataliano p/esse ano né…feliz 2011 p/vc cara e que venha vaaarios tamawalker!kkk valew manooo

Deixe um comentario