Pesqueiro do Cláudio – 30/07/10

O Loucos por Pesca mostra novamente que é possível fazer uma bela pescaria em poucas horas. Escolhendo a época certa para cada espécie, podemos fisgar muitos peixes e garantir a diversão. As Cabeçudas foram as responsáveis por uma bela tarde de fisgadas. 

 

Olá amigos do Loucos!

A época de frio está cada vez mais próxima de terminar e felizmente não sofri tanto com este inverno, pois resolvi me adaptar a situação e praticar uma pescaria que não tenho muita experiência. Seguindo os conselhos dos nossos grandes carpeiros, Márcio Giannico e Diego Oliveira, fui estudando sobre esse peixe fascinante, as Carpas Cabeçudas, e resolvi testar a Massa Farofa do Carlão, nosso novo parceiro, em uma pescaria na região.

Para muitos é um peixe que não traz grandes emoções. Dizem que ele não briga, mas não condiz com a realidade. Se você souber trabalhar a carpa e escolher os equipamentos corretos, pode ter excelentes brigas com as rainhas.

Como neste mês não tive muito tempo durante a semana, resolvi fazer pescarias de final de tarde.  O resultado já tinha sido excelente com os Tambacus no Lago Azul, e agora as Carpas também não me decepcionaram.

Cheguei ao Pesqueiro do Claudio por volta das 14 horas e ao descer do carro já fui abordado por um grande leitor do Loucos por Pesca. O Roberto já tinha me mandado e-mail para obter informações desse local e felizmente nos encontramos por acaso lá.

As notícias eram animadoras, pois o carpeiro relatou já ter fisgado 2 cabeçudas até aquele momento. Segue abaixo a foto da primeira do dia, enviada pelo leitor ao site.

Enquanto conversava comigo, o pescador já notou a ausência de uma de suas bóias na superfície e não perdeu tempo. Correu para garantir mais uma cabeçuda, a qual tive o prazer de ajudar a tirar da água.

O jovem Gabriel já mostrava intimidade com as cabeçudas e ajudou a segurá-la pra foto.

O Roberto abriu mão de um maior espaço para compartilhar o que considero o melhor point das cabeçudas deste lago. Já estava me dirigindo a outra parte do tanque, mas como ele insistiu fiquei ali com eles.

Armei três equipamentos, todos com nó de correr e iniciando com altura média de 1,5m de profundidade. Preparei um pouco da massa Farofa do Carlão de amendoim e mandei pra água.

Em pouco mais de meia hora, a primeira bóia desce e o peixe vem dando algumas cabeçadas, fato que me deixou intrigado por não ser característica das Carpas. Para a minha felicidade era sim a primeira do dia. Uma bela Cabeçuda rajada, fisgada na massa de amendoim com essência de morango.

Um pouco mais de espera e viria a segunda. A pescaria começava boa e as Carpas pareciam bem ativas.

Novamente na Farofa do Carlão de Amendoim, com essência de morango a 1,5m de profundidade.

Estava soltando essa cabeçuda e olhei para as outras bóias apenas para conferir. Presenciei o exato momento em que uma desceu rapidamente numa puxada seca. Já imaginava que não era Carpa e quem apareceu foi uma Tilápia.

Depois tivemos uma pausa e demorou cerca de 1 hora pra voltarmos a ter ações. Tentamos mudar os sabores de massa, altura das iscas na água, mas nada adiantava.

Foi quando avisei o Roberto que faria a massa matadora. Preparei a Farofa do Carlão de Amendoim  e misturei essência de baunilha direto na coxinha. Menos de 5 minutos depois do arremesso, vejo a bóia dançando e tome puxada pra baixo. O peixe deu um show, saiu rasgando na superfície do lago e deixando o seu riscado. Belissima briga e uma gorducha se rende.

Animado com o sucesso tão rápido da massa, o Roberto se rendeu e aceitou experimentá-la. Mais uma vez o resultado apareceu rapidamente. A água estava paradinha e as Carpas a todo vapor no final do dia.

Algumas vezes percebíamos que tinham Tilápias comendo nossa massa. As bóias ficavam ensaiando, minutos se passavam e nada de afundarem. Em uma das raras vezes que uma Tilápia se enroscou no chuveirinho, trouxe-a para a foto.

O Pesqueiro do Cláudio tem um público muito forte de Tilapeiros, que todos os dias marcam presença com suas varas de mão atrás dos grandes exemplares de até 3kg.

O dia já estava chegando ao final, mas nós continuávamos insistindo e mandando as coxinhas pra água. Tive o azar de perder uma Carpa muito forte que, após brigar muito, acabou estourando minha linha. Não desanimei e fui recompensado. A massa de Amendoim do Carlão era sem dúvida a preferida do dia, e turbinada com essência de panetone ficou ainda mais irresistível ao peixe. Belissima briga e lá vem Carpa boa pro Loucos.

As rainhas do Pesqueiro do Cláudio são muito saudáveis.

Sempre com a boca perfeita, pois não tem muitos cabeçudeiros as pescando regularmente.

Para fechar a pescaria com chave de ouro, o Roberto fez uma coxinha caprichada com a massa que preparei de Amendoim e dessa vez não colocou essência. Apenas a Farofa do Carlão foi suficiente para atrair um belíssimo exemplar de 12 kg, que brigou muito para a felicidade do amigo Gabriel.

O garoto tinha perdido uma boa cabeçuda na parte da tarde e recebeu o prêmio no final do dia.

Eu não resisti e também tirei uma foto com a briguenta.

Assim chegamos ao final de uma belíssima pescaria nesse lugar agradável e com um lago muito piscoso. O principal atrativo do Pesqueiro do Cláudio são realmente as Tilápias e Cabeçudas, mas também tem outras diversas espécies, como: Pacu, Corimba, Carpa Espelho, Pintado, Catfish entre outros.

Há duas semanas atrás, eu e André Billi, já tínhamos feito uma pescaria de final de tarde no Claudio, mas chegamos ao pesqueiro por volta das 16 horas e não tivemos muito tempo para pescar. Mesmo assim ele fisgou algumas Tilápias e me ajudou a tirar um belo dublê de Cabeçudas.

Gostaria de agradecer ao Cláudio e sua esposa pela recepção em seu agradável pesqueiro, ao funcionário Bahia, e principalmente aos meus novos amigos pescadores. É sempre muito bom pescar com leitores e foi um prazer conhecer o Roberto, Gabriel e seus amigos Jesus e Trintin.

Abraços a todos e VAMOS PESCAR!!!

Imagens: Kleber Sanches, Roberto Ferro

Texto: Kleber Sanches

E-mail: kleber@loucosporpesca.com.br

Você pode deixar um comentário, ou fazer um trackback para o seu site.

11 Comentarios to “Pesqueiro do Cláudio – 30/07/10”

  1. severo disse:

    muito legal a pescaria gostei do pesqueiro,passa o endereco gostaria de ir visitar,qual melhor local para as carpas?abc…

  2. FERNANDO disse:

    Bela pescaria Kleber de carpas cabeçudas parace ser uma delicia uma brigas com a rainha, nunca pesquei cabeçuda mais vendo as fotos, estou querendo enfrentar uma desta na linha e farofa do carlão nelas.
    Abraços para todos do loucos por pesca, por que aqui vai mais um louco por pescar faça frio ou faça sol, tempo é peixe.Fuuuiiiiiiiiiii

  3. Marcinho disse:

    hehehe. representou nas rainhas hein, belas cabeçudas
    massa carlao ta cada dia melhor

    abrasssssssssssss

  4. rodrigo sell disse:

    Me manda ai o endereço do pesqueiro do claudio, por favor, e me diga qual a massa que vcs recomendam para carpa cabeçuda……
    Obrigado

  5. Junior disse:

    Sou um pescador de carpa cabeçuda, eu vi algumas fotos do pesqueiro Claudio e gostaria de ir visitar o pesqueiro.
    Se for possivel me passar o endereço e o telefone para contato.

    Muito Obrigado !!!

  6. Moises Araujo disse:

    Parabens pela pescaria colea!
    Agora diz ai> como chegar no pesqueiro do Carlão?

  7. felipe silva disse:

    estive hoje no pesqueiro do claudio,muito pacus de 4, e 5 kilos fisgados com miçangas e evas na cevadeira,tbm peguei varias matrinxãs com salsicha flutuante,otima opçaõ pra quem, mora na região de campinas!abraço

  8. Flavio disse:

    vocês tem o endereço deste pesqueiro do Claudio?

    abraços.

  9. Flavio, infelizmente o Pesqueiro do Claudio foi vendido para a construção de condominio no lugar. Estão desativados já há alguns meses! Abração

  10. ROBERTO disse:

    QUE PENA O TANQUE ESTA VAZIO……MUITAS SAUDES ELE VAI DEIXAR VALEU PELA MATERIA ESTA EXELENTE…….

  11. antonio disse:

    adorei as materias, sera que vc pode me passar o endereço do pesqueiro.

Deixe um comentario