Pesqueiro Alto da Serra – 08/03/10

Novamente fomos até esse belo pesqueiro de lagos grandes e ar puro, na estrada que nos leva ao litoral paulista. Como sempre as ações foram intensas e o dia de pesca foi muito produtivo, com fisgadas a todo momento. 

 

Depois de alguns meses de ter feito uma grande pescaria e ter batido um record pessoal em quantidade de cabeçudas, recebi um convite do Sr Ítalo, proprietário do pesqueiro Alto da Serra, e não pensei duas vezes. Liguei para o meu tio Agostinho que mora em São Bernardo do Campo, praticamente a vinte e cinco minutos do pesqueiro, para me acompanhar nesta matéria. Como ele está de férias e também é fascinado por este esporte, aceitou na hora e já combinamos tudo certinho.

Depois de uma boa viagem e curtindo um trecho da interligação Anchieta-Imigrantes, o qual acho um lugar fantástico, o topo da serra, com um ar puro vindo da mata atlântica, é impossível não abrir totalmente o vidro do carro, botar a cabeça pra fora e deixar aquele ar entrar em seus pulmões. Uma sensação que deixa você totalmente renovado.

Chegamos por volta das 7:30 e já havia dois pescadores nos primeiros quiosques do lago principal de pesca esportiva. Optamos por ficar em frente o restaurante, um lugar onde há uma plataforma de cimento onde facilmente apoiamos as varas de carpas e nem precisamos usar suportes.

Comecei a pescaria com 3 conjuntos para carpa cabeçuda, variando a profundidade da isca entre 30 a 45 cm, duas com nó de correr e uma com chicote. Meu tio, que gosta mais de pescar no fundo, começou com 3 conjuntos, usando chicote com massa de maracujá e  mafish tradicional.

As pequenas cabeçudas começavam a se movimentar e iniciava-se as ações de carpas. Deste momento até as 17 horas elas só paravam de comer quando parávamos para fazer massa e dar uma descansada, pois o ritmo é muito acelerado. Uma produção daquelas, muitas fisgadas, troca de massas, verdadeiramente um teste fisico. E foi neste embalo que as primeiras carpas apareceram no loucos.

Essa primeira e também a posterior foram fisgadas na massa caseira com essência de panetone. E lá vai mais bóia pro fundo.

Meu tio que nunca havia fisgado uma cabeçuda, sobe na plataforma e enquanto solto uma carpa ele fisga seu primeiro exemplar.

A plataforma é um ótimo point pras cabeçudas no Pesqueiro Alto da Serra. Assim, Agostinho garante a sua primeira carpa.

E mais cabeçuda vem pro loucos! Igual da outra vez, as carpas estavam bem agitadas e com muita fome. Esta foi na massa com essência de morango.

Na sequência vem outra fisgada com massa turbinada com essência de morango.

Como as ações nas varas de fundo estavam devagar, montei um material de carpa cabeçuda para meu tio tentar mais alguns exemplares. Equipamento pronto, chicote de 30 cm e carpa na foto.

Neste momento da pescaria um grande exemplar na faixa de 15kg escapa na beirada. Sem explicação a carpa soltou do meu anzol. Não deu pra ver as condições da sua boca, mas por serem peixes que foram soltos recentemente deveria estar ótima.

Os pequenos exemplares não paravam. Essa veio na massa caseira com panetone.

Agostinho gostou da idéia e engatou uma sequência de 3 cabeçudas.

Agostinho foi pegando gosto pela pesca de carpas. Uma modalidade espetacular e que é seguida por muitos adeptos no Brasil e no mundo. Mais carpas afundam minha bóia e dessa vez foram atraídas pela essência de banana. 

No Pesqueiro Alto da Serra os peixes são muito ativos e saem bastante. Ideal para quem gosta de uma pescaria com muitas ações.

Reparem atrás desta imagem que o Ítalo prepara uma bóia cevadeira para tentar um tamba, pois no visual percebia o movimento constante dos redondos. Parei um pouco de pescar para ficar observando sua pescaria, e no terceiro arremesso ele já engata um peixe, que depois de uma bela briga é liberado. Falei para o Ítalo que só iria fotografar se ele pegasse dois em seguida. Dito e feito! Arremesso longo, algumas ondas na água e cevadeira pro fundo.

Esse foi capturado com miçanga.

As cabeçudas continuavam comendo e tem mais pra vocês.

Bóia na água e bóia pro fundo. As cabeçudas estavam insaciáveis e não resistiam à massa.

Ora na essência de panetone, ora na de morango.

Muita carpa como sempre no Pesqueiro Alto da Serra.

Uma carpinha baby veio para aparecer no Loucos por Pesca também.

No total foram fisgadas mais de 40 exemplares. Pena que as grandes carpas nao apareceram.

Nesse dia apenas as pequenas estavam entrando, mas sabemos que grandes exemplares  habitam esse lago como veremos no final da matéria.

A pescaria de Tambacus também é garantida no Alto da Serra. Outros pescadores que estiveram por lá pegaram muitos exemplares.

Em breve estaremos fazendo uma matéria mais completa no Alto da Serra, onde os pescadores de redondos do Loucos por Pesca também estarão presentes para mostrar com mais detalhes como tem bons resultados essa modalidade por lá.

Belas Tilápias também são fisgadas com frequência. 

O Rafael, nosso leitor assíduo e grande pescador de carpas cabeçudas, foi há poucos dias no Alto da Serra e garantiu uma bela pescaria. Abaixo seguem apenas algumas das fotos que ele nos mandou, com destaque para a bela carpa de 18kg.

Realmente foi mais uma pescaria daquelas, com ações literalmente o dia inteiro. Agradecimentos ao Ítalo pela ótima recepção com a equipe do Loucos por Pesca e pelo atendimento muito prestativo de seu funcionários. Espero voltar logo, desta vez para fazer uma pesca noturna, para tentar as grandes cabeçudas que la habitam.

Grande abraço a todos!

Imagens: Márcio Giannico e Agostinho Rodrigues

Texto: Márcio Giannico

E-mail: marcio@loucosporpesca.com.br

 

Esta foi mais uma pescaria com o apoio do Pet Shop Agrovillas.

O Pet Shop Agrovillas conta com uma loja completa. Varas, molinetes, carretilhas, iscas vivas e massas. Também comercializa rações em geral, artigos para jardim, vacinas, medicamentos e aquarismo.

A loja está localizada na rota dos melhores pesqueiros da região, como Califórnia, Amigos e Ville. Situada na Avenida Bento Guelfi, n° 1016 – Jardim Laranjeiras, São Paulo-SP.

Tel: (11) 2735-4538 ou Cel: (11) 7436-5326

Pesqueiro Alto da Serra
Rod. dos Imigrantes, Km 37
Tel: (11) 9410-1005 ou (11) 7645-6143

Você pode deixar um comentário, ou fazer um trackback para o seu site.

7 Comentarios to “Pesqueiro Alto da Serra – 08/03/10”

  1. Edinho disse:

    Nada como uma pescaria com ação o dia inteiro!!!

    Parabéns pela pescaria Marcião!

  2. neto disse:

    parabens pela materia ai pessoal…linda demais as carpas

  3. Fábio disse:

    parabens para todos… bela pescaria
    abraçs!!!

  4. Rodolfo Lenzi disse:

    Uma bela pescaria não se resume à peixes gigantescos. A essência da pesca, buscada por um verdadeiro pescador esportivo, é muito ampla, englobando os preparativos, a expectativa, o local, a natureza, dentre outros.

    Portanto, parabéns pela pescaria!

  5. Tel disse:

    Só tem carpa e tambacu??? alguns grandes exemplares?

    Abraço

  6. Limao disse:

    So tem as princesas, falta as grandes rainhas em Marcio..araarraar..Abraços

  7. marcinho disse:

    valeu galera pelos coments,

    abrassssss
    as princesas estao ativa kkkkkkkk

    valeu rodolfo !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe um comentario