Pesqueiro Feroz – 01/03/10

Uma pescaria que inicialmente seria mais voltada para as cabeçudas toma novo rumo e outras espécies não deixam as carpas comerem. Muitos peixes de couro atacam as iscas e uma gigantesca Pincachara com mais de 20kg aparece para ser o novo recorde em pesqueiros do nosso amigo Márcio Giannico.

 

Há muito tempo estava planejando fazer uma matéria no Pesqueiro Feroz, mas sempre aparecia um imprevisto, causado pelo mau tempo que cai sobre São Paulo ou mesmo pela correria do dia a dia. Porém, desta vez estava decidido. Fizesse chuva ou sol, segunda tinha rumo certo com destino ao pesqueiro.

Pra variar a chuva marcou presença, e que chuva hein. Sai de casa por volta das 5:15 e a marginal já estava “entupida”. Um trânsito daqueles pra começar o dia! Dentro do carro e com aquela angústia que não terminava nunca, louco pra chegar e pescar logo, mas a espera foi longa e só cheguei ao pesqueiro por volta da 8 horas da manhã.

Logo na entrada, já dei de cara com o grande lago que é muito convidativo a iniciar rapidamente a pescaria. Fui recebido pelo Sr. Raimundo, que meu deu as boas vindas e muitas dicas valiosas. Me indicou ficar logo nos primeiros quiosques, bem em frente ao restaurante, mas nem imaginava o que estava por vir.

Comecei a pescaria armando 3 varas para cabeçuda e um equipamento para peixe de couro com salsicha. Arremessei as de carpa bem juntas e a de couro perto do aerador que fica do lado direito onde eu estava.

Já nos primeiros minutos, tive uma noção do que seria a pescaria de carpas naquele dia. As  bóias começaram a dançar e correr de lado, denunciando um grande ataque de Tilápias. A cada 10 minutos tinha que trocar as massas, que neste ritmo não iam durar muito.

Estava arremessando uma “carpeira”, quando olhei pro lado e a vara de fundo com salsicha envergou bonito. Corri, fisguei forte e logo uma briga de respeito já deixava o pescador atento do que poderia vir mais a frente. Uma linda Pincachara abre o dia.

Daí pra frente a pescaria continuava com as Tilápias atacando a todo momento as bóias de carpa cabeçuda e como a massa estava acabando muito rápido, resolvi tirar duas varas da água para tentar mais tarde. Assim, investi em mais uma vara de fundo, esta com chicote e massa de maracujá de isca. Não demorou 5 minutos e um tamba atacou o maracujá com voracidade.

Na sequência, outra boa puxada no maracujá e desta vez uma espelho vem pro loucos.

Na vara de cabeçuda que havia deixado, a bóia dança de um lado e de outro e uma grande Tilápia não resiste a essência de morango. Um exemplar de 2 kg aparece pra foto.

Quando cheguei no pesqueiro, conversei bastante com Sr. Raimundo e fiz diversas perguntas, sendo uma delas se estava saindo Pintados. Ele me confirmou que no domingo saiu até em varinha de mão. Perguntei dos grandes exemplares e ele me avisou que no Feroz havia peixes com mais de 25kg, mas que fazia cerca de 10 anos que ninguém pegava. Imagina um Pintado com um tempo destes sem nenhuma fisgada? Seria magnífico, um sonho para qualquer apaixonado por pesca, quem sabe a sorte não sorriria pra mim né?

As palavras do senhor Raimundo parece que atraíram alguma coisa grande, vou relatar agora o que aconteceu passo a passo. Retirei minha vara para peixes de couro, pois já estava a mais de meia hora na água e era tempo de trocar a isca. Desta vez, coloquei  uma salsicha inteira no anzol e lancei a exatos dois palmos do barranco. Um forte tranco, seguido de uma corrida e a fisgada foi certeira. Neste momento senti que o bicho era encrenqueiro e por estar sozinho e longe do meu passaguá, chamei o Sr. Raimundo:  “me ajuda que o bicho é grande”. A segunda tomada de linha foi espetacular, levando mais de 30 metros da monofilamento 0,50mm do molinete. A adrenalina corria solta,  pois pelos comentários do experiente pescador Sr. Raimundo, poderia ser um gigante daqueles que não saia há tempos. O briguento não dava as caras, nem pra gente saber do que se tratava, e depois de 15 minutos a grande Pincachara mostra-se na superfície. Era realmente um grande peixe, daqueles dos sonhos mesmo, sem exagero, porém ainda não estava cansado o suficiente. Mais alguns minutos para curtir aquela briga inesquecível e a gigante se entrega no passaguá.

Briga espetacular que não podia ser recompensada de forma melhor que segurar esse gigante nos braços.

Não sabia quem estava mais contente ali. Este peixe contagiou a todos e até o filho do Sr. Raimundo não resistiu e quis tirar foto com o briguento.

Realmente foi de tirar o fôlego. Uma parada para comentários e a expectativa de mais peixes baterem. Dito e feito. Tem mais exemplar de couro no Loucos por Pesca e, desta vez com salsicha flutuante, fisgo uma uma bela Pincachara.

Logo em seguida, arremato mais uma bigoduda com salsicha na superfície.

Neste momento, quando já estava indo tirar minha bóia de cabeçuda da água para repor as três novamente e tentar algo a tarde, ela desce de lado e uma briga com muitas cabeçadas denuncia um peixe redondo, belo Tamba.

Mais um pequena Pincachara ataca com vontade a salsicha de fundo na sequência.

Daí em diante, uma paradeira geral e já estava se aproximando do final da tarde. Fui registrar a bela pescaria que o Sr. Raimundo e outro pescador começavam a fazer. Era um verdadeiro alvoroço as Tilápias atacando a guabi.

Era arremessar e vinha Tilápia pra foto.

Até um tambinha atrevido apareceu.

As cabeçudas não deram as caras, mas sabemos que lá tem muitas e várias são de bom porte. Fica aqui a promessa de voltarmos para tentar fisgar as grandes carpas que habitam esse lago.

Realmente o Pesqueiro Feroz conta com uma estrutura impecável: estacionamento, restaurante, quiosques, loja de pesca, banheiros excelentes e o mais importante, muitos peixes.

Lago esportivo

Restaurante e estacionamento

Agradecimento a todos do pesqueiro, ao Sr. Raimundo pela grande recepção e ao companheirismo. A equipe “Loucos por Pesca” promete voltar em breve atrás dos gigantes.

Grande abraço a todos!

Imagens: Márcio Giannico

Texto: Márcio Giannico

E-mail: marcio@loucosporpesca.com.br

Colaboração na pescaria realizada:

O Pet Shop Agrovillas conta com uma loja completa. Varas, molinetes, carretilhas, iscas vivas e massas. Também comercializa rações em geral, artigos para jardim, vacinas, medicamentos e aquarismo.

A loja está localizada na rota dos melhores pesqueiros da região, como Califórnia, Amigos e Ville. Situada na Avenida Bento Guelfi, n° 1016 – Jardim Laranjeiras, São Paulo-SP.

Tel: (11) 2735-4538 ou Cel: (11) 7436-5326

 

Pequeiro Feroz

Rua Madagascar, 200 – Recanto Maravilha III

Santana do Parnaíba-SP

www.ferozpesqueiro.com.br

Você pode deixar um comentário, ou fazer um trackback para o seu site.

10 Comentarios to “Pesqueiro Feroz – 01/03/10”

  1. Bruno Barbin disse:

    Parabéns pela reportagem e principalmente pela linda Pincachara que lhe rendeu o record em pesqueiros. Bela matéria Marcio.

  2. TAFAREL disse:

    otima pescaria hein!!! q bitelo essa pincachara linda demais…..
    eu estive no feroz um dia antes no domingo e tentamos as rainhas mas sem sucesso so vi sair uma de 12kg de resto tiramos muitos pequenos redondos com açao o dia inteiro.

  3. mateus disse:

    é marcião sei como é essas pragas da tilapias roubando isca hehehe!!!

    a pescaria for pra cabeçudas mas não tiro nenhuma suhsauhas, mas que bela pincachara meus parabéns!!

    abraços

  4. Rafael disse:

    O loko mano o cara virou pescador de cacharas rsrs…Brincadeira Marcião parabens pela bela pescaria e pelo belo trofeuzão parabens um abraço e vamos lá arrancar as bocudas rsrs…

  5. Tomcather disse:

    FIRST!
    Pow, bela pescaria, muitos bigodudos!

    Abraços

  6. Pescdor Testa Mesa 18 disse:

    Falai amigos pescadores!!!
    Depois que um amigo identificou o colega Rodolfo em uma pescaria no Cal e Louveira,, conheci o site Loucos por Pesca,, toda a semana dou uma espiada,,,, show de bola as historias, dicas de pesqueira e principalmente a paixão por pesca que essa galera tem!!!
    um abraço do Testa Mesa 18 Fisching Team ( Jundiaí)

  7. Fernando de Paiva disse:

    Antes era Marcinho Cabeçudeiro, agora é Marcinho Pintadeiro!!!!!

    Parabéns brother Lindo peixe man!!!

    Se cuida!!!

  8. Kleber Sanches disse:

    Isso ae Marcião. Belissima Pincachara, record absoluto e dificil de ser batido em pesqueiros. Parabéns!!!

  9. Diego Oliveira disse:

    eae alemão não é mais cabeçudeiro rsrsrs parabéns mano bela pincachara mis um recorde pra vc e pro loucos isso ae showw.
    abrass…

    Diego Oliveira ” Loucos Por Pesca “

  10. Marcinho disse:

    valeu galera pelos coments, pescaria realmente é fascinante, temos sempre q estar preparados pois c oq vc almeja nao vem literalmente temos que ter o plano b em maos e em pesqueiros onde as diversidades existem, entao passamos usar planos b, c , d ,etc com certeza os resultados aparecerao.nao esperava realmente,
    uma grande pincachara, mais estava com a isca certa o material certo na hora certa, plano b funcionou

    abrasssssss seus loucos

Deixe um comentario