Pesqueiro Tio Oscar – 22/10/09

TIOOSCAR22102009

Novamente a vontade de pescar falou mais alto e a Equipe Loucos por Pesca foi até Mairinque, atrás de boas brigas no Pesqueiro Tio Oscar. Um lugar maravilhoso, cercado por muita natureza, infra-estrutura e belos peixes. Fisgamos uma grande diversidade de espécies! 

 

 

 

 

Olá pescadores.

Combinamos essa pescaria desde o ínicio da semana e mais uma vez fomos traídos pelo clima. De segunda à quarta muito calor e tempo nublado nos animavam, pois são as condições climáticas ideais para uma boa pescaria de tambas com bóia cevadeira. Mas a quinta-feira chegou e logo no ínicio do dia um temporal muito forte atingiu boa parte do estado de São Paulo. Esperamos a chuva diminuir e seguimos viagem rumo ao nosso destino.

Eu e Edson chegamos no pesqueiro próximo da sua abertura e logo encontramos com os irmãos Fernando e Edgard na entrada do local. Assim que entramos, já nos deparamos com alguns pescadores e escolhemos nosso lugar no lago, a parte rasa.

Armamos nossos equipamentos bem devagar porque estávamos um pouco desanimados com os fortes ventos que atingiam a região após o temporal. Decidimos apostar inicialmente nas bóias torpedo e armei duas varas dessa maneira.

Como já era de se esperar, o dia começou com poucas ações, uma puxada leve no minhocoçu que não se confirmou com a fisgada. Resolvemos tentar a cevadeira aproveitando tréguas momentâneas do vento e o que constatamos era que muitas tilápinhas devoravam toda a ração rapidamente. O Edson fisgou alguns exemplares dessa maneira com eva e miçanga.

Fomos testando várias partes do lago e foi próximo da pedra que achamos um grande cardume de Carpas Capim e Espelho. Elas mostravam boa parte do corpo e comiam toda a ração jogada.

Após frustradas tentativas com eva, decidi deixar só a miçanga e aumentar a profundidade. Coloquei um anzol chinú e coquinho de isca e no primeiro arremesso já engatei um grande exemplar de Carpa Capim.

Depois dessa fisgada, os peixes ficaram espertos e só comiam a ração. Raras vezes abria um sol bem rapidamente, porém logo ia embora e os ventos não cessavam.

Tentamos de todas as maneiras, mas só após uma hora de espera é que o Fernando engatou uma bela Carpa Espelho no pão flutuando.

Reparem em mais uma boca mutilada por uso indevido do alicate de contenção. Está cada dia mais difícil encontrar peixes dessa espécie com a boca perfeita, sem deformações.

Eu e Edson resolvemos fazer uma pausa para o almoço e assim sondar outros pescadores sobre a pescaria na parte funda. Aproveitei para tirar algumas fotos do lago.

Um pescador que estava na frente da lojinha começou a pegar alguns pequenos tambas enquanto almoçávamos. Disse que eram as primeiras ações do dia também e que os peixes só começavam a subir naquele momento.

Enquanto isso, o Fernando continuava a sua pescaria de Carpas. Dessa vez, uma Capim foi quem atacou o seu pão na superfície.

Voltando do almoço, vimos o Edgard com peixe na linha e logo outra bela Carpa Capim veio pra foto.

Resolvi cevar lá no canto, bem na parte rasa do lago mesmo e alguns redondos subiram pra comer a ração junto das Tilápias. Geralmente no começo só subiam os tambas, mas quando as tilapinhas descobriam a ceva (questão de segundos) ai não paravam de comer.

O Fernando continuava arremessando a cevadeira no cardume de Carpas e sua pescaria estava dando ótimo resultado.

Minha cevadeira se movimenta e a bóinha dá uma leve afundada. Fisgo vigorosamente e um grande Tambacu salta pra fora da água. O coração acelerou e não me contive. Após 3 belos saltos laterais, saindo com o corpo inteiro pra fora da água, o peixe escapa mas serve de motivação.

Joguei meu torpedo com minhocoçu e alguns minutos depois ele afundou. Corrida em direção a vara, fisgada certeira e inicio de uma boa briga. Novamente tinha tamba na linha e esse eu não perderia de jeito algum.

Continuamos insistindo por lá, mas os peixes estavam muito inativos e eram as Tilápias que apareciam pra comer. Quando o Edson desistiu e foi com a cevadeira atrás das Carpas, seu torpedo com ração na pinga afundou e fisguei. Chamei o pescador que tirou um Pacu.

Continuando sua pescaria no deck, Fernando seguia se divertindo com os exemplares de Carpa Capim que estavam muito ativos e famintos.

Já era 17:30 quando tomei a decisão de ir para a parte funda, pois mesmo com o final da tarde se aproximando, os tambas não subiam bem no raso.

Levei duas varas. Uma Pampo de 2,7m com carretilha Shimano Curado para pescar com cevadeira e uma Kenzaki 2,7 com uma Brisa 10.000 com torpedo. Logo percebi que a escolha foi excelente apesar de tardia. Devia ter tomado essa providência bem antes, mas ainda dava pra tirar o prejuízo.

Perdi duas puxadas no minhocoçu, pois até largar a vara da cevadeira e correr até a outra no suporte os peixes soltavam. Decidi então apenas cevar e ficar com a do torpedo na mão. Arremessei e o peixe pegou o minhocoçu na batida. Bela briga, puxadas boas na linha e meu segundo redondo veio pros meus braços.

Eles estavam atacando muito bem no minhocoçu e chicote bem curto.

Repeti a tática e novamente na batida meu torpedo afundou rapidamente. Fisguei e logo percebi que não tinha um adversário pequeno. O peixe dava pequenas corridas, mas o que me chamou muito a atenção era o peso. Estava difícil demais tirá-lo do lugar, o bicho parecia um “toco” muito pesado. O coração acelerou, os pescadores em volta vieram conferir a briga e ficaram impressionados. Infelizmente o anzol simplesmente escapou e fiquei um pouco decepcionado com a perda do que com certeza era um dos gigantescos tambas do Tio Oscar.

Não dava tempo de desanimar. Logo na seqüência tive uma boa recompensa. Dessa vez não foi na batida, mas um Tambacu não resistiu ao minhocoçu e rendeu uma briga muito forte. Assim um belo “redondo” apareceu.

Corri até o deck para chamar os companheiros e pegar mais minhocoçu. Logo no primeiro arremesso fisgo outro peixe. Enquanto brigo, vejo o Edson garantir sua fisgada também e assim formamos um dublê.

Meu peixe mostra a cara e some novamente, um lindo Tambaqui que me animou. Espécie muito brigadora e que não se entregava facilmente. Após muita luta consegui tirá-lo da água.

Na seqüência foi a vez do Edson abraçar o seu tamba. O sorriso no rosto de ambos os pescadores tinha motivo. Depois de um dia sem ações na parte rasa, nada melhor que fechar o dia com um dublê de tambas.

Fernando teve que sacrificar sua pescaria para nos ajudar no final. Nada mais justo que participar do momento na hora da foto.

Após soltar os peixes resolvemos terminar de guardar as tralhas e ir embora, pois já tínhamos sido chamados pelo funcionário do Tio Oscar.

Sou obrigado a deixar uma crítica construtiva ao pesqueiro. Diz-se que o horário de pesca se encerra as 19h, porém desde as 17h sirenes já tocavam. Funcionários passavam desde as 18h avisando que a pescaria estava encerrada porque na verdade as 19:00 todos os pescadores deveriam já ter pago a conta. Acredito que no mínimo o horário de encerramento deve ser avisado corretamente no site então, pois todos os pescadores merecem respeito. Creio que o horário que dizem se encerrar a pesca deve ser considerado aquele em que os pescadores devem tirar suas varas do lago, ou seja, parar de pescar e não que já estejam literalmente na rua.

Apesar desse imprevisto, gostamos do Centro de Lazer Tio Oscar e sabemos que grandes peixes habitam aquele lago belíssimo e de grande dimensão. Infelizmente não consegui tirar o meu gigante, mas voltaremos atrás deles.

Há exatamente uma semana, o Augusto (leitor do Loucos por Pesca) fez uma boa pescaria por lá com seu amigo Renato. Segue abaixo algumas fotos dos belos exemplares fisgados.

Abraços a todos e VAMOS PESCAR!!!

Imagens: Equipe Loucos por Pesca

Texto: Kleber Sanches

E-mail: kleber@loucosporpesca.com.br

Você pode deixar um comentário, ou fazer um trackback para o seu site.

12 Comentarios to “Pesqueiro Tio Oscar – 22/10/09”

  1. Marcinho disse:

    boa loucos, apesar da dificuldade em relaçao ao tempo, os loucos arrancaram muitos peixes, foi na raça hein

    parabens pela bela pesca e materia

    abrasss a todos q participaram desta pescaria

    loucos loucos loucos

  2. Vinicius Reginato disse:

    Parabééns pela materia!
    Eu, o Augusto e o Renatinho pescamos juntos há muito tempo já.
    Infelizmente o dia em queeles foram não pude ir junto porque tinha prova no colegio.
    Perdi uma excelente pescaria com eles.

  3. Everton disse:

    Boa pescaria!!! No Tio Oscar tem muito peixe grande, mas com este tempo louco esta difícil de pegar os “baguas”. Gostei muito da sua critica varias vezes aconteceu comigo também acho isso uma falta de respeito por parte do pesqueiro se já foi determinado um horário para fechar os pescadores vão cumprir, agora desse jeito que eles fazem aparenta que eles estão te expulsando do local.

    Parabéns pelas matérias acompanho sempre.

  4. Andre disse:

    Parabéns… bela matéria…

    lamento os gigantes perdidos… é frustrante. rsrs

    Quanto ao horário… sempre que vou… gosto de sair do pesqueiro bem em cima da hora de fechar…

    é injusto mesmo os caras ficarem agitando pra nóis sair.

  5. Edson (bugrino) disse:

    Apesar dos gigantes não terem saido eu gostei do famoso pesqueiro Tio Oscar, com ctz voltaremos atrás dos gigantes!!!

    “Fernando, kd sua bóia???” E assim foram várias as fisgadas do Fernando e as capins na ponta da linha…hehe

    Msmo com o tempo adverso fizemos uma boa pescaria!!!

    Até a próxima loucos!!!

    Edinho *Loucos por Pesca*

  6. Diego Oliveira disse:

    eae loucos bela materia os grandes não sairam mais msm assim fisgaram belos tambas e capins parabéns pela materia galera, o Kleber ta escondendo a cara com o tamba porque ?? rsrsrsrs

    abrass…

    Diego Oliveira ” Loucos Por Pesca “

  7. adriano disse:

    parabns pela materia….realmente essa estoria de sirene ta foda o pessoal so falta nos expulsar do lago,,,,,,,,,nao respeitam os pescadores q fizeram o nome do pesqueiro. estao pisando na bola intééé

  8. Breno Bonin disse:

    Bela pescaria rapaziada. Bons tambas e carpas e ótima critica. Pensei que apenas eu me sentia incomodado com a pressão que eles fazem antes do tempo de encerrar a pescaria. Abraços

  9. Heitor disse:

    Eu adoro o Tio Oscar. Não se sinta frustrado por ter perdido os gigantes viu cara. Eu pesco lá faz 2 anos e não consegui tirar nenhum até agora rsrs Mas continuo sempre tentando :) Valeu

  10. Augusto disse:

    Aee Kleber e equipe…
    belaa pescaria que fizeram..demorei muito pra comentar porque fikei sem pc uma smena..
    logo logo vou voltar..
    valeu ae por colocar as minhas fotos e de meus amigos..
    foi uma excelente pescariaa a minha e a sua..
    abraços a equipe e aos leitores

  11. Boa pescaria Kleber, em relaçao ao Horário, aconteeu mesma coisa quando fui la.. no site
    no site esta 19, e mandaram a gente ir embora as 18… isso pode ate dar um processo… mas fazer oque né.. se a organização não se ajuda… vlw.. abraço

Deixe um comentario