Hotel Fazenda 2 Palmitos – 15/09/09

Aproveitamos que o tempo está começando a melhorar para fazer uma pescaria de abertura da temporada 09/10. Aos poucos, os tambas já voltam a proporcionar belas brigas para nós pescadores que somos “Loucos por Pesca”. 

 

 

Nossa equipe decidiu marcar uma pescaria um pouco mais longa, onde poderíamos fisgar bons peixes e começar as brigas da nova temporada de pesca que está se iniciando. Com a gradativa volta do calor, os grandes “redondos” estão ficando mais ativos.

Escolhemos o Hotel Fazenda Dois Palmitos, localizado na cidade de Juquiá-SP, pois além de ter muitos tambacus em seu lago esportivo, poderia nos proporcionar dias de descanso e sem a lotação comum de pesqueiros.

Chegamos na terça-feira, 15 de setembro, e fomos logo iniciando a pescaria. Os irmãos Edgard e Fernando chegaram por volta das 11 horas e com poucos minutos já perceberam que nossa estadia prometia e muito.

Fernando avistou alguns tambacus de grande porte na superfície e arremessou uma salsicha flutuante, que não demorou mais de alguns segundos para ser abocanhada e puxada com força para baixo. Peixe muito forte e brigador que veio para animar o início do dia.

O grande tamba pesou pouco mais de 20kg na balança digital e logo foi devolvido ao lago.

Repetindo a mesma estratégia, arremessando a  salsicha flutuando próximo aos peixes na superfície, Fernando engatou outro redondo. Belo ínicio para quem tinha passado cerca de 3 horas dentro do carro viajando na expectativa.

Por volta das 13 horas, eu (Kleber) e nosso amigo Edson chegamos ao Sitio 2 Palmitos, após encararmos a viagem pela Rodovia Régis Bittencourt.

Logo começamos a armar nossos equipamentos, empolgados com o ínicio arrasador de nosso amigo. Antes mesmo que pudéssemos terminar as montagens, o Fernando fisgou outro tamba.

Tentamos pescar com cevadeira, mas as tilapinhas atrapalhavam muito a nossa pescaria. Antes que os tambacus chegassem, elas já devoravam toda a ração flutuante.

Após cerca de 1 hora sem ações, a varinha de fundo do Edgard, iscada com coração de frango, envergou com muita força e o peixe saiu tomando linha. Sai correndo com a vara da cevadeira numa mão e consegui fisgar com a outra. Passei-a pro seu dono que iniciou uma briga espetacular com muitas tomadas de linha em direção ao centro do lago. Após bons minutos de adrenalina, o peixe se entregou e revelou-se um belo tamba na faixa de 20 kg.

Não sabemos ainda quem saiu mais cansado, o peixe ou o pescador.

Foram várias tentativas na parte da tarde, com direito a muitas cevadas, tilapinhas subindo para comer a ração e algumas aparições de tambacus. Quando eles abocanhavam a miçanga, soltavam imediatamente não dando tempo algum de fisgar.

Já estava escurecendo quando fui premiado pela persistência. Percebendo que os peixes soltavam muito rápido a miçanga, utilizei duas pequenas rações com aroma de morango para cobrir o anzol de robalo. A bóinha afundou com vigor e fisguei meu primeiro peixe da viagem.

Tambacu de 16 kg pra fechar o dia com expectativas renovadas.

Com a chegada da noite, fomos modificando a montagem dos equipamentos. As cevadeiras deram lugar a torpedinhos com chicotes mais longos e as outras varas ficaram para a pescaria de fundo.

Fomos jantar e voltamos para o lago em busca de mais emoção na ponta da linha.

Por volta das 21 horas tive a primeira ação noturna, com minha vara iscada com salsicha no fundo envergando muito forte. Fiquei impressionado com a força com que o peixe puxou, já que estamos acostumados com peixes manhosos de pesqueiros.

Após uma briga muito boa, o peixe se entregou e veio pra foto.

Decidi repetir a isca e arremessei no mesmo lugar. Demorou apenas meia hora e mais um Tambacu não resistiu a salsicha.

A noite estava com temperatura agradável e tínhamos muita vontade de continuar pescando, mas já estávamos propensos a ir descansar para iniciar logo cedo na manhã seguinte.

O Fernando ainda teve tempo de mandar uma salsicha pro meio do lago e fechar seu dia com mais um tamba.

Faltava apenas o Edson fisgar seu primeiro exemplar e quando isso aconteceu não tivemos mais dúvidas, era hora de dormir e renovar as energias pro dia seguinte.

Após uma boa noite de sono, exatamente as 7 horas da manhã descemos novamente para o lago principal do hotel. O tempo estava fechado e um pouco frio, mas aos poucos foi melhorando e saindo o sol.

Mesmo com os peixes muito manhosos, peguei o primeiro tamba na cevadeira com miçanga marrom a cerca de 10cm de profundidade.

Os peixes do hotel 2 Palmitos não pareciam acostumados com bóias no lago e ficavam muito ariscos quando elas batiam na água. Eles se alimentavam bem rente a outra margem, ou seja, o mais longe possível de onde estávamos.

Era só você recolher a cevadeira, que ai sim faziam a festa comendo a ração bem na superfície. Outro problema é que quando você fisga um exemplar, todos os outros somem e param de se alimentar.

Fomos almoçar e na volta avistamos muitos tambacus na superfície, uma cena empolgante e que nos deu maiores esperanças.

Fernando teve a idéia de trocarmos a cevadeira por torpedos. Então, utilizávamos a cevadeira para concentrar ração no lago, e na seqüência, quando os peixes estavam se alimentando sem medo, jogávamos o torpedo longe e vínhamos trazendo próximo da “batedeira”.

Com chicote curto e anzol chinú com apenas uma miçanga, fomos fisgando bem mais exemplares.

Muitos conseguiam escapar, mas só de brigar já estava valendo. Aos poucos eles começaram a vir pra foto.

As tilapinhas continuavam a atrapalhar e outro problema eram os muitos “tambinhas” presentes no lago. Ao todo cada um fisgou pelo menos uns dez pequenos tambacus.

Íamos tentando e outras vezes entravam alguns maiores nos proporcionando boas brigas.

No final da tarde, com salsicha flutuando, o Fernando pegou mais um bonito exemplar. A vantagem da salsicha era que ela não sofria tanto assédio dos peixes menores e das tilapinhas.

Outro fato curioso é que os tambacus do hotel fazenda 2 Palmitos se alimentaram mais até as 17 horas. Após esse horário, as ações diminuiam bastante e eram raros os tambas na superfície.

Com a chegada da noite, pedimos algumas porções e comemos na beira do lago.

Os tambinhas continuavam atacando bastante, foram muitas puxadas com o peixe não mostrando força para brigar diante de equipamentos preparados para exemplares maiores.

O Edson teve um pouco mais de sorte e fisgou um tamba um pouco maior utilizando minhocoçu no fundo.

Conforme a noite ia caindo, o frio veio chegando forte e as ações foram fracas. Quando era meia-noite e já estávamos quase desistindo, um sininho tocou e fomos correndo conferir qual das varas tinha sido atacada.

O Fernando chegou primeiro e fisgou pra mim na última vara, iscada com salsicha, um Tambacu de 8kg.

Decidimos então voltar para o apartamento e deixar as esperanças pro último dia.

Na quinta-feira iniciamos a pescaria por volta das 8 horas e logo fui sentindo que a sorte não iria me acompanhar.

Minha vara de fundo com salsicha embodocou e o peixe saiu tomando muita linha. Infelizmente estava com material leve, linha 0,33mm que não suportou a briga e rompeu-se.

Na seqüência outra briga boa na bóia torpedo e o mesmo destino, linha estourada. Até que finalmente consegui tirar o azar e trouxe um peixe pra foto.

Nesse dia os peixes subiram um pouco, mas entraram muitos peixes pequenos. Era jogar próximo a margem oposta que os tambinhas devoravam a miçanga, com certeza acostumados a comerem as amoras que caem das árvores.

O Fernando, na tática do torpedo com chicote curtinho e miçanga, fisgou muitos tambas até 3 kg e as vezes entrava um peixe maior. Após um gigante levar sua linha pro enrosco e estourar debaixo do píer, ele conseguiu engatar outro bonito.

Enquanto o Fernando tirava a foto, o Edgard também fisgou um exemplar.

A tarde foi caindo e nossos dias de tranqüilidade e pescaria se encerrando.

No resumo bons peixes foram fisgados e passamos dias agradáveis na companhia de pessoas muito simpáticas que tivemos o prazer de conhecer.

Gostaríamos de agradecer os funcionários do hotel 2 Palmitos que nos trataram muito bem. Principalmente ao Gilson, sempre atencioso e prestativo e ao Juliano que pescou conosco durante os últimos dois dias.

Abraços a todos e VAMOS PESCAR!!!

Imagens: Kleber Sanches, Edson Paes,  Edgard e Fernando Paiva.

Texto: Kleber Sanches

E-mail: kleber@loucosporpesca.com.br

Você pode deixar um comentário, ou fazer um trackback para o seu site.

33 Comentarios to “Hotel Fazenda 2 Palmitos – 15/09/09”

  1. Thiago Bueno disse:

    Opa!!
    Deve ter sido mto bom msm os dias ai… o lugar parece ser bacana e o tempo até q deu uma ajudada…

    Agora, kleber, vai continuar até qdo com esse sorrisão forçado nas fotos ai!?? kkkkkkkkkk
    :D

    Abç

  2. Diego disse:

    show de pescaria galera msm os tambas estarem manhosos conseguiram fisgar bons exemplares nesse lugar lindo showww… detalhe na cara de cansados no ultimo dia kkkkkkkkk…

    abrass…

    Diego Oliveira ” Loucos Por Pesca “

  3. Gregolin disse:

    Ai pessoal bela pescaria !!!! o 2 palmitos sempre proporcionando a alegria dos pescadores …… o amigo thiago para de inveja do Kleber …..imagina só a alegria dele ……. abração e boas fisgadas…. rs.

  4. Douglas disse:

    Parabéns a todos q realizaram essa pescaria nesse lugar maravilhoso!!!
    Mesmo com os peixes manhosos, deve ter sido muito bom passar esses dias nesse lugar lindo q é o 2 palmitos, q inveja rsrsrs.

    Abçs…

  5. Ana Carolina disse:

    Parabéns a todos pela ótima pescaria e matéria

  6. Felipe Brussi disse:

    muito bom a matéria em Loucos…Parabens e se der quero ir conhecer…abraços!

  7. Marcinho disse:

    showwwwww parabens bela pescaria abertura da temporada com o pé direito

    abrassss

    loucos loucos loucos

  8. Ana Beatriz disse:

    Ahhhhhh mais o amor dessas crianças por esses troçinhos nojentinhos é muito lindo!!! huahuahuahuahuauhaua
    O amor é LINDO!!!

    Belíssima matéria! Parabéns!!! =]

    Beijos…

  9. Edson (bugrino) disse:

    OOOOOOOO vida dura essa de pescar três dias em um hotel fazenda viu, pena que só da pra fazer isso nas férias

    Os peixes estavam um poucos manhosos sim mas não teve problema não, pescar na companhia desses três loucos gente finissimas Kleber, Fernando e Edgar foi bom demais!!! Entre uma fisgada e outra rolaram várias histórias de pescas anteriores, piadas e risadas…

    Isso que é bom da pescaria…..se diverte, pesca e faz novas amizades!!!

    Espero reencontra-los brevemente em outra pescaria!!!

    Abraços e até a próxima!!!

  10. Wagão disse:

    Materia e fotos show de boa…
    parabéns ai galera

  11. Alfredo disse:

    Muito boa a matéria e muito bonito o lugar. Em breve quero marcar com minha família de ir conhecer o 2 Palmitos e passar dias tranquilos assim pescando também. Obrigado por mais essa dica e abraços para os pescadores.

  12. Bruno Camanzano disse:

    Para mim que sou fã total dos tambacus já vi que este hotel é o paraiso. Muitos redondos, que foto é aquela dos peixes na superfície hein? Coisa linda demais. Quero marcar de ir nesse lugar nas férias. Valeu

  13. Paulo Tatui disse:

    Parabéns amigos. Uma boa pescaria realizada e mesmo com os peixes manhosos sairam verdadeiros gigantes do lago. Fiquei com uma vontade mto grande de ir pescar. Enquanto não posso tirar férias vou tentar ir nesse fds em algum pesqueiro lotado hehe que inveja de vocês. Abração

  14. Pedrinho disse:

    Matéria muito boa loucos. A cada dia que passa vocês se superam e nos mostram materiais cada vez melhores e ótimas pescarias. Entro sempre e continuarei entrando no Loucos por Pesca. Abraços

  15. Gustavo Siqueira disse:

    Kleber, por favor me passe por e-mail as dicas sobre o Hotel Fazenda 2 Palmitos. As melhores iscas, pontos do lago e tudo mais. Já estou marcando com uns amigos de ir passar uns dias lá pescando. Obrigado

  16. Fred Grasmann disse:

    Lugar maravilhoso e cheio de gigantes. Obrigado por mais essa dica de pesca que com ctz vou ter q conferir. Vou entrar em contato com o hotel pra ver como faço pra reservar. Vocês tão mandando bem demais, parabéns!!!

  17. Edgard disse:

    Realmente o 2 Palmitos, se mostrou um otimo lugar para pescar gigantes e descansar e relaxar, o atendimento é otimo, funcionarios atenciosos e a comida deliciosa, vale a pena marcar uma visita!!

    Parabens ao Loucos por Pesca!!

    Edgard!

  18. Kauan disse:

    show de bola galera !
    ótima matéria, ainda nao fui conferir esse pesqueiro, mas em breve estarei por lá com certeza !

    abraços

    Kauan Giglio “Loucos por Pesca”

  19. Michelle Missé disse:

    Parabenizo á todos pela bela pescaria,a matéria ficou muito boa e as fotos ficaram ótimas…e o Edgard mandou super bem,não posso dizer o contrário, senão perco o amigo rsrs!!! Tô brincando vc e os demais fizeram uma ótima pescaria mesmo.

    Beijos e até a próxima matéria.

  20. Thiago Bueno disse:

    Ola!
    Vou aproveitar o espaco aqui para anunciar outro meio que usaremos para divulgar o site: o Twitter!
    Agora vcs poderao saber quando iremos pescar, aonde, quais as proximas materias, o que estara por vir, etc etc… Entrem la e nos sigam!
    nosso nick e’ LOUCOSPESCA. (http://twitter.com/loucospesca)
    Infelizmente ja estao usando o nick loucosporpesca :/
    Qualquer duvida sobre o tiwtter, fale com a gte.

    Abcs!!

  21. Bruno Barbin disse:

    A matéria ficou muito boa, e o lugar parece ser muito bom também.

  22. Fernando de Paiva disse:

    Lugar simplesmente maravilhoso, uma tranquilidade de impressionar e com grandes peixes. Gostaria de agredecer a todos pelos comentários e a todos os leitores em geral.

    Essa do Twitter foii show hein Parabéns Loucos mais uma novidade!!

    Abraçoss

    Fernando de Paiva
    Equipe Loucos Por Pesca

  23. Edu Valinhos disse:

    Lago bonito e pescaria das boas pessoal. Gostei demais. parabéns!!

  24. Gilson Bastos disse:

    Que maravilha de tambas. Esse hotel que me aguarde pq já estou preparando as malas hehehe Se o pessoal do site for novamente me avisa que gostaria de ir na mesma época pra aprender mais sobre pesca com vcs. Abraços

  25. Godoy disse:

    Gostei bastante dessa matéria. Conforme eu tinha dito antes, estava faltando uma matéria assim onde mostrasse lugares que tem lazer para a família, igual tem em hotel fazenda mesmo!

  26. ygor "fire ball" disse:

    caraca…esses irmão naum me decepcionam….só peixe mutante na fita!!loko…parabéns!!

  27. Efraim(michael jackson) disse:

    ahhh.. era pra eu ter ido nessa, haha
    mais como eu disse que iam pegar tambas enormes e gordos, aconteceu mesmo e não foi só um, otima pescaria mesmo hein, grande materia.

    Parabéns Edgard, Fernando, Kleber e Edson.

    abraços

  28. Vitor Passos disse:

    Acho que conseguirei nao trabalhar nesse feriado de outubro e ai com certeza absoluta vou reservar la no 2 palmitos pra ir atras desses tambas grandes. Sou mais um apaixonado pela pesca e gostei muito da indicação. Obrigado

  29. Brener Piracicaba disse:

    Até minha esposa gostou da idéia de ficar hospedada nesse hotel. Ai ficou boa a coisa hehehe ela brinca com a mulecada e lá vou eu atrás dos bitelos. Depois eu coloco aqui os resultados pessoal. Abração

  30. Diego (coquinho) disse:

    ssaaalllvee edgard e fer…

    parabens ai veiu..

    nois fecha no claro e soma no escuro…

    fiko a pampa as fotus…

    flw veiu,…

  31. Taynara Larissa * disse:

    * Demorou um pouco mas…então….lindo o lugar….uma vista maravilhosa….e com belos peixes…..ou melhor…Tambaquis né?!!! … Parabéns meninos….pela matéria e tb pelas fotos…..que vcs continuem se superando cada vez mais…e tb nos surpreendendo cada vez mais…..

    rsrsrsrs…

    Beijinhoss*

  32. Guilherme disse:

    muito legal essa materia

  33. muniz disse:

    opa .. ESTIVE LÁ AGORA DIA 01 DE JULHO 2011 .. VALEU .. VALEU MUITO APENA … CHEGA DE TIO OSCAR E MAEDA .. AGORA E SO 2 PALMITOS … ENGATEI VÁRIOS … BRUTOS ACIMA DE 10 E 20 KILOS …

Deixe um comentario