CLUBE PESCAR – 23 a 26/05/16

CLUBEPESCARMUH41

Nosso colaborador Muryllo Santos foi até o renomado Clube Pescar, localizado em Luziânia-GO, próximo da capital federal, atrás das piras que arrastam pescadores de longas distâncias até o local. Foram muitas Pirararas fisgadas, com direito a algumas bitelas, mas os verdões também roubaram a cena!

 

 

 

Olá amigos do Loucos por Pesca.

Eu, Muryllo Santos, vou relatar a vocês uma pescaria de 4 dias que realizei na companhia do meu amigo Gabriel Bortolone no Clube Pescar, localizado em Luziânia-GO, apenas 70Km do aeroporto de Brasília.

Estávamos a exatamente uns 2 meses planejando marcar a viagem. Eu já conhecia o Clube Pescar e para o meu amigo Gabriel era tudo novidade. Finalmente tudo resolvido, fechamos as reservas para o dia 23/05 (segunda-feira) e a volta para 27/05 (sexta-feira) de manhã.

Chegado o tão aguardado dia, pegamos o vôo em Campinas as 10 horas e pousamos em Brasília as 11:20. Do aeroporto até o pesqueiro leva-se 1 hora de carro. Pegamos um taxi, indicado pelo Cássio, proprietário do Clube Pescar, um ótimo atendimento do Alex.

Finalmente chegávamos no Clube Pescar e logo fomos muito bem recepcionados pelo proprietário Cassio e seus funcionários.

CLUBEPESCARMUH01

Antes de ir para a suíte, parei para tirar uma foto do lago.

CLUBEPESCARMUH02

Assim que guardamos nossos pertences, montamos os equipamentos e fomos para o lagão, onde ficam as tão cobiçadas Pirararas. Iscas na água e era só aguardar as primeiras fisgadas!

Utilizamos somente Tilápias e Pirambóias vivas, tanto de fundo quanto no torpedo, modalidades que resultam sempre em boas capturas de Pirararas nesse lugar.

Gabriel começou com um tambinha, pego na mortadela.

CLUBEPESCARMUH03

Em seguida, uma puxada em uma das varas pesadas mostrava ser a primeira pira da nossa pesca. Rapidamente uma pirinha baby foi registrada.

CLUBEPESCARMUH04

Notei algumas Matrinchãs gigantes na superfície e resolvi mandar um pedaço de mortadela. Foi questão da isca cair na água e a danada já embocou, um belo exemplar.

CLUBEPESCARMUH05

O final da tarde já se aproximava e as piras ainda estavam devagar, mas com o cair da noite as ações começaram.

CLUBEPESCARMUH06

A sequência não teria fim tão próximo. Em cerca de 1 hora foram mais 4 Pirararas, que não eram das grandes, mas já estava valendo.

CLUBEPESCARMUH07

CLUBEPESCARMUH08

CLUBEPESCARMUH09

CLUBEPESCARMUH10

Infelizmente o frio já tomava conta. Passava da meia noite quando resolvi deitar na rede. Meu amigo Gabriel ficou acordado, atento às ações e durante a madrugada ele tirou mais 3 Pirararas. Como eles não quis me acordar, ele se virou e registrou para nós do jeito que foi possível.

CLUBEPESCARMUH11

CLUBEPESCARMUH12

CLUBEPESCARMUH13

Após estas ações, uma paradeira geral tomou conta e ele também resolver deitar. Acordamos cedinho, com um forte sereno no lago, colocamos iscas novas e rapidamente minha vara começou a esticar a linha! Corro, fisgo e assim nossa terça-feira se iniciava.

CLUBEPESCARMUH15

Uma mini Pirarara.

CLUBEPESCARMUH16

Durante a manhã não tivemos mais ações e resolvemos ir almoçar. Abaixo segue fotos de alguns pratos que vocês amigos pescadores poderão saborear no Clube Pescar.

CLUBEPESCARMUH57

CLUBEPESCARMUH58

CLUBEPESCARMUH59

Após o almoço resolvemos pescar tambas no lago das suítes. Utilizamos cevadeiras da JR PESCA e as iscas foram: mussarela, mortadela e ração furadinha no chicote de 2 metros.

Logo o Gabriel fisga o primeiro e, após alguns minutos de briga, para nossa surpresa nos deparamos com um Tambaqui (verdão), peixe que foi atraído pela mussarela.

CLUBEPESCARMUH17

Em seguida era a minha vez e mais um Tambaqui viria para as fotos, dessa vez fisgado na ração furadinha.

CLUBEPESCARMUH18

A sequência de Tambaquis era impressionante e o Gabriel capturou mais um na mortadela e eu outro na furadinha.

CLUBEPESCARMUH19

CLUBEPESCARMUH20

Até um baguázinho foi capturado na ração furadinha.

CLUBEPESCARMUH21

Depois dessas diversas capturas, fomos verificar as varas de Pirarara. Uma delas, do meu amigo Gabriel, estava com a linha esticada! Rapidamente ele começa a recolher e ao sentir o peso confirma a fisgada. Estupidamente a pira resolve levar vários metros de linha, claramente era uma das grandes, e finalmente era ela mesmo, uma das brutas Pirararas do Clube Pescar.

CLUBEPESCARMUH22

O amigo ainda deixou eu dividir a alegria e também sai na foto com a gigante.

CLUBEPESCARMUH23

CLUBEPESCARMUH24

Fizemos a soltura e logo o Gabriel capturou mais uma pirinha.

CLUBEPESCARMUH25

Ainda antes de cair a noite, volto para o tanque dos tambas e, entre várias capturas de Tambacus, sem registros, mais um verdão não resistiu à isca, este cravando 15 kg.

CLUBEPESCARMUH26

Conforme a noite foi chegando, o frio veio tomando conta. Arrumamos as iscas e ficamos batendo papo até que as ações começassem. Infelizmente a cada hora que passava, mais difícil ficava de resistir ao frio e para piorar estávamos sem ações. Deixamos 3 varas armadas cada e resolvemos ir para a suíte dormir.

Coloquei o celular para despertar as 6 horas. Levantei, comecei a checar as varas e para a minha felicidade tirei 3 Pirararas, assim nossa quarta-feira se iniciava de uma bela forma.

CLUBEPESCARMUH27

CLUBEPESCARMUH28

CLUBEPESCARMUH29

Peixes devolvidos e fomos tomar café. Enquanto conversávamos, o Gabriel, sarcástico, diz: “quando voltarmos para o lago vai ter uma pira gigante na minha vara”. Conforme íamos caminhando ate o fundão, onde as varas estavam, escuto um barulho de uma carreta e o Gabriel desesperadamente sai correndo para ver qual era. Sua vara estava totalmente envergada, tomando muita linha. Peixe fisgado, vários minutos se passam, até que outra gigante se rende para o amigo.

CLUBEPESCARMUH30

CLUBEPESCARMUH31

Cravados 32 kg.

CLUBEPESCARMUH32

BRUTA!

CLUBEPESCARMUH33

Mais uma vez aproveitei para sair na foto, já que eu ainda não tinha tirado nenhuma grande.

CLUBEPESCARMUH34

CLUBEPESCARMUH35

Pirarara devolvida, colocamos iscas novas e voltamos para o lago dos tambas. Entre umas copadas e outras, os Tambacus e Tilápias eram capturados.

CLUBEPESCARMUH36

CLUBEPESCARMUH37

Gabriel, insistindo na mussarela, garante mais dois Tambaquis. Parecia que realmente tínhamos encontrado o ninho deles.

CLUBEPESCARMUH38

Capturamos um total de 7 verdões.

CLUBEPESCARMUH40

As ações, tanto dos tambas quanto das piras, eram intercaladas. Após ter ajudado o Gabriel a tirar esses peixes, voltei para o lagão para conferir as varas e para minha sorte mais uma pira começava a esticar minha linha, outra baby para foto.

CLUBEPESCARMUH39

Foi questão de devolvê-la ao lago e outra vara minha lentamente começou a envergar. Corro até ela e vou dando linha até que fisgo fortemente e ali se iniciava uma grande batalha! Vários minutos de briga se passaram, graças ao tanque não conter enrosco a Pirarara brigou limpo até se cansar e vir parar em meus braços!

CLUBEPESCARMUH41

CLUBEPESCARMUH42

GIGANTE!!

CLUBEPESCARMUH44

CLUBEPESCARMUH45

Beirando seus 30 kg.

CLUBEPESCARMUH46

No momento da briga com a gigante, o tamanho do lago nos proporciona uma sensação de estar em um rio. Show!

CLUBEPESCARMUH47

Após a soltura, dei um tempo para a adrenalina baixar, pois tinha tirado somente piras menores. Surpreendentemente durante a tarde foram diversas fisgadas, mas infelizmente muitas acabaram escapando ou arrebentando a linha. Essa tarde era a melhor de todas no momento. Gabriel tira mais uma mini pira no equipamento leve.

CLUBEPESCARMUH48

O final da tarde foi chegando e não perdemos tempo trocando iscas e arremessando em diversas distâncias, pois estávamos muito confiantes que a noite seria fenomenal. Mas para nossa tristeza de novo muito frio se aproximava e as ações sumiram. Resistimos até quando pode, mas cada hora era mais impossível de ficar no lago. Ainda antes de irmos para a suíte, capturamos mais 3 Pirararas pequenas.

CLUBEPESCARMUH49

CLUBEPESCARMUH50

CLUBEPESCARMUH51

Após essas capturas, com a paradeira total, fomos para o quarto e acabamos dormindo a madrugada toda.

Acordamos tarde na quinta-feira e quando saímos para o lago nos deparamos com muitos pescadores, pois era feriado. Já satisfeito pelos outros dias, não demos muita importância e assim passamos o dia do jeito que dava. Para nossa sorte conseguimos mais algumas capturas.

Um Tambacu intruso engoliu uma Piramboia inteira que estava armada na boia.

CLUBEPESCARMUH52

O Gabriel teve a felicidade de fisgar mais duas Pirararas.

CLUBEPESCARMUH53

CLUBEPESCARMUH54

Ainda antes de encerrar de vez a pescaria nesse espetacular lugar, peguei durante a noite mais uma pira na boia, com chicote de 2 metros e Piramboia de isca, sistema que deu muito resultado.

CLUBEPESCARMUH55

Novamente a noite não foi muito diferente, bastante frio e sem condições de ficar no lago. Decidimos recolher todos os equipamentos e fomos organizando as tralhas porque logo que amanhecesse só tomaríamos um café e partiríamos para o aeroporto.

E foi com esse lindo amanhecer que nos despedimos desse paraíso. Uma sensação de gratidão por grandes momentos que levaríamos para casa.

CLUBEPESCARMUH56

Mais uma vez quero agradecer ao Loucos por Pesca pela oportunidade e a todos os funcionários e especialmente ao Cássio pela ótima recepção nos dada.

Até a próxima. Abraços amigos!

Imagens: Muryllo Santos e Gabriel Bortolone

Texto: Muryllo Santos

Clube Pescar

Fones: (61) 9942-0089 / 9942-0091

www.clubepescar.com

AGRADECIMENTOS

King Fishing – www.roupasdepesca.com.br

King Brasil – www.kingbrasil.com.br

Penn-Raiba Carretilhas – www.pennraiba.com.br

As Matadeiras – www.facebook.com/asmatadeiras

JRPESCA – www.jrpesca.com

Você pode deixar um comentário, ou fazer um trackback para o seu site.

1 Comentario to “CLUBE PESCAR – 23 a 26/05/16”

  1. Marcos Ferreira disse:

    Pescaria top irmão…Parabéns!!!

Deixe um comentario