NOVO ANHANGUERA – 16/04/16

NEWANHANGUERACAPA

Nossa pescadora foi até o polêmico pesqueiro Novo Anhanguera atrás dos grandes tambas e peixes de couro do local. Verdadeiros baguás nos surpreenderam e acabaram nos anzóis dessa mulher que tem intimidade com os gigantes peixes. Outras espécies também aumentaram a diversidade na pescaria.

 

 

 

Olá pescadores.

O destino dessa vez foi o Pesqueiro Novo Anhanguera. O velho, famoso e agitado Novo Anhanguera. Lugar gostoso de pescar, com a sua clientela cativa, seu lago pequeno e uma quantidade grande e variada de peixes. Já fizemos várias pescarias gostosas por lá e essa não foi diferente. Lembrando que nesse pesqueiro não é permitido cevar e utilizar evas e miçangas.

Eu (Le Wiermann) e Karina chegamos por lá as 06:40 da manhã e já haviam 8 carros na nossa frente, como de costume. Apesar da taxa de pesca estar acima do que estamos acostumados, setenta reais, o pesqueiro sempre lota. Possui dois lagos de tamanhos modestos que facilmente são ocupados. Abertos os portões as 7 horas, já fomos garantir nossos lugares.

Duas varas por pescador, já chegamos com os equipamentos prontos, só colocar a isca e arremessar no lago. Optamos pela mussarela porque já sabíamos que entraria pelo menos uma Pincachara. E foi o que aconteceu, jogamos a isca com a mão mesmo, a 2 metros da margem, e a primeira linha a ser esticada foi da Karina. Depois de uma breve resistência, a primeira Pincachara se rendeu.

NEWANHANGUERA01

Apenas uma foto deste peixe, pois a minha vara, armada também com mussarela, envergou! Chegava a minha vez!

NEWANHANGUERA02

Montamos nosso segundo equipamento à procura dos tambas. Eu optei pelo beijinho no torpedo e a Karina alternava as iscas, entre: mussarela, massa e pão de fundo. Ficamos sem ação até próximo das 10 horas.

Até que o primeiro Tambacu fez meu torpedo afundar! E vamos lá para a briga e para o mais desafiador dos objetivos, que é não enroscar sua linha com os outros pescadores, missão quase impossível no Novo Anhanguera, mas conseguimos trazê-lo para a foto.

NEWANHANGUERA03ok

De um porte que já nos rende uma boa briga.

NEWANHANGUERA04

Logo em seguida, consegui meu segundo Tambacu, também no beijinho. Esse já deu um pouco mais de trabalho do que o anterior.

NEWANHANGUERA05

NEWANHANGUERA06

NEWANHANGUERA07

As ações estavam muito escassas para todos no pesqueiro e não parecia que seria um bom dia de pesca. Após um tempo, o próximo peixe cai em nossa isca, outro Tambacu.

NEWANHANGUERA08

Depois apareceu mais um Tambacu no beijinho, armado na bóia torpedo do nosso parceiro JR PESCA.

NEWANHANGUERA09

A tarde chega e a nossa esperança da pescaria melhorar aumenta. Persisto no beijinho e, depois de muito esperar, o torpedo finalmente afunda! Devidamente fisgado, travamos nossa batalha! Esse brigou mais forte que os demais e se mostrava bem resistente, levando mais tempo para se entregar. E assim o primeiro tamba de bom porte veio para os meus braços.

NEWANHANGUERA10

NEWANHANGUERA11

Gigante!

NEWANHANGUERA12

E o dia foi chegando ao fim e parecia que íamos ficar só nisso. Fui tentar a minha isca favorita de fim de tarde, o pão. Montei o esquema, também com poita e deixei lá, já esperando por uma Matrinxã. Até que o pão simplesmente sumiu, levando bóia e tudo. Fisgo e logo percebo que não era uma simples Matrinxã. A briga ficou pesada! Era Tambacu e dos bons. Brigou bastante, me fazendo andar em volta do lago, afim de fugir das linhas de outros pescadores. Depois de muito brigar, conseguimos retirá-lo do lago e ficamos de boca aberta com o porte desse tamba. Um baguá de respeito, que me deixou muito feliz!

NEWANHANGUERA13

NEWANHANGUERA14

Grande demais!

NEWANHANGUERA15

Muito gordo!

NEWANHANGUERA16

Feliz da vida, joguei mais um pedaço de pão e logo ele afundou novamente. Dessa vez uma grata surpresa, uma Carpa Capim.

NEWANHANGUERA17

Permaneço na mesma tática, do pão flutuando, aguardando o próximo peixe, quando a vara de fundo da Karina enverga rapidamente, ela fisga e parte para a briga. Tomadas rápidas de linha, permanecendo bem na margem, nos dava a dica de se tratar uma Pincachara, mas essa não se cansou facilmente. Quando o peixe finalmente se cansa e entra no passaguá, ficamos maravilhadas com esse belíssimo exemplar, que na verdade se tratava de um legítimo Pintado!

NEWANHANGUERA18

Peixe muito bonito, uma jóia!

NEWANHANGUERA19

NEWANHANGUERA20

Animada com essa ação, Karina armou a vara com a mesma isca, mussarela na margem. E deu certo de novo! Mais um peixe e dessa vez a briga foi reta, forte, sem parar de tomar linha! Até que ela conseguiu frear o peixe e começar a trazê-lo. Era uma Pirarara, deixando o fim de tarde mais perfeito. Uma das poucas Pirararas que restaram no tanque veio nos alegrar!

NEWANHANGUERA21

NEWANHANGUERA22

Já estávamos arrumando nossas coisas para irmos embora, beirava já as 17 horas, horário de fechamento do pesqueiro, quando eu tenho a sorte de ver meu pão ser engolido novamente. E assim corri para a saideira! Outro tamba muito bonito!

NEWANHANGUERA23

NEWANHANGUERA24

E não tínhamos tempo para mais nada e assim finalizamos a nossa pescaria.

Agora vou fazer um breve relato de uma pescaria que fizemos no Pesqueiro Novo Anhanguera em 05.03.2016.

Pescamos da mesma forma, utilizando mussarela de fundo para os peixes de couro e beijinho no torpedo para o tambas. Destaque para outra Pincachara e outro tamba gigante do Pesqueiro Novo Anhanguera.

No inicio do mês de março, as Pirararas do lago foram retiradas gradativamente e realocadas em estufas para passarem pelo período de frio. Sobraram poucas Pirararas e conforme são fisgadas são transferidas para a estufa.

Karina chegou pegando essa Pirarara no ovo cozido, lançado com a mão, sem chumbada, a 3 metros na margem, próximo ao aerador.

NEWANHANGUERA25

NEWANHANGUERA26

Logo em seguida, Roseli Del, fisgou essa linda Pincachara na mussarela.

NEWANHANGUERA27

NEWANHANGUERA28

Fernando também garantiu seu tamba logo pela manhã, utilizando pão de fundo.

NEWANHANGUERA29ok

NEWANHANGUERA30

Roseli Del e mais uma Pincachara na mussarela.

NEWANHANGUERA31

Engatei dois tambas no beijinho pela manhã.

NEWANHANGUERA32

NEWANHANGUERA33

Fenando também não ficou para trás, apostou no beijinho e também colocou um tamba no peito.

NEWANHANGUERA34

NEWANHANGUERA35

Mais Pincachara na mussarela.

NEWANHANGUERA36

Um tamba de bom porte no torpedo com beijinho, chicote de aproximadamente 1 metro, anzol chinu 8.

NEWANHANGUERA37

NEWANHANGUERA38

E a cereja do bolo, também no beijinho!

NEWANHANGUERA39ok

Um lindo baguá!

NEWANHANGUERA40

NEWANHANGUERA41

Obrigada a todos e um forte abraço!

Imagens: Leslylce Wiermann, Karina e Fernando

Texto: Leslylce Wiermann

AGRADECIMENTOS

King Fishing – www.roupasdepesca.com.br

King Brasil – www.kingbrasil.com.br

Penn-Raiba Carretilhas – www.pennraiba.com.br

As Matadeiras – www.facebook.com/asmatadeiras

JRPESCA – www.jrpesca.com

Você pode deixar um comentário, ou fazer um trackback para o seu site.

Deixe um comentario