PESQUEIRO STELLA – SENSACIONAL!

STELLA11

Estreando no Loucos por Pesca, a pescadora Le Wiermann foi com seus amigos até o interior de São Paulo, na cidade de Bilac, para conhecer o surpreendente Pesqueiro Stella. Belos tambas foram fisgados, com destaque para um verdão, mas o show ficou por conta das Pirararas! Confira qual foi a isca matadora nessa pescaria. 

 

 

 

Fui convidada a fazer parte da Equipe Loucos por Pesca e para iniciar relatarei a nossa visita ao Pesqueiro Stella. Foram três dias de muita ação, de 13 a 15 de março, com muitos tambas na anteninha e muitas, mas muitas Pirararas, que é o forte do pesqueiro.

Chegamos ao nosso destino no final da tarde, após viajarmos aproximadamente 450 km de Campinas a Bilac.

Uma dica importante para aqueles que irão através do auxílio de um GPS. O Pesqueiro fica às margens da Rodovia Doutor Eliéser Montenegro Magalhães (SP–463), km 26, entre os municípios de Bilac e Araçatuba. Nessa rodovia, o GPS informará uma curva a esquerda, que te levará para uma estrada de terra, não siga por esse caminho, permaneça na SP–463 e no km 26 você verá o Pesqueiro Stella. Fique atento porque muitos pescadores vão parar no meio do nada por causa desse erro de localização do Google Maps, Waze etc.

Chegamos no Pesqueiro e fomos muito bem recebidos pelo proprietário Maércio. Passamos um tempo observando as pessoas pescarem e vimos ação em todo o tanque. No fim de tarde, os tambas estavam subindo muito na cevadeira e presenciamos muitas fisgadas nas anteninhas. Algumas Pirararas estavam saindo também na parte rasa do tanque.

Vendo essa festa toda, começamos a arrumar nossa tralha.

Escolhemos a margem esquerda do tanque e nela espalhamos nossas varas. Colocamos três varas no fundo do tanque, três próximas ao aerador e três no meio. E nelas fomos testando as iscas. Não demorou muito para começar a dar resultado.

Com minhocoçu de fundo tivemos nossos primeiros tambas. Fernando de cara engatou um brancão bem bonito.

STELLA01

E logo saiu um para mim também, fisgado no mesmo esquema.

STELLA02

Ficamos um período somente com ação de pequenos tambas no minhocoçu de fundo e a ansiedade foi aumentando pelas Pirararas. E logo essa espera chegou ao fim. Uma carretilha cantou, lá no fundão do lago. A isca foi mussarela e depois de uma briga boa, a primeira Pirarara veio para a foto.

STELLA03

Logo em seguida, mais uma Pirarara caiu na nossa isca. Essa de um porte um pouco maior que a primeira. E a briga foi boa, a danada procurava pelos aeradores na outra margem no lago, tomando muita linha, e depois de várias corridas finalmente se rendeu.

STELLA04

Já estávamos felizes com duas Pirararas, mas bateu a terceira, dessa vez para o Fernando. Novamente na parte rasa do lago e novamente na mussarela. Percebemos que ali era um ótimo ponto de pesca.

STELLA05

Persistimos no mesmo local, com a mesma isca, e não demorou muito para bater a quarta Pirarara.

STELLA06

Essa foi a última da noite. Já estava próximo das duas da manhã, momento em que bateu uma paradeira no lago, o cansaço nos pegou e fomos dormir, afinal tínhamos dois dias ainda para aproveitarmos bem os peixes do Pesqueiro Stella.

Depois de uma tranquila noite de sono em um dos apartamentos da Pousada do Pesqueiro, levantamos animados, tomamos nosso café da manhã e fomos para o lago.

Continuamos apostando nas curvas do lago. Contrariando a noite anterior, onde a movimentação foi na parte mais rasa do lago, nessa manhã a ação começou na parte mais funda, próximo ao aerador. Fernando lançou um pedaço de mussarela a 2 metros da margem e logo a primeira Pirarara do dia apareceu.

STELLA07

STELLA07b

Logo após a soltura da bela Pirarara do Fernando, não imaginávamos que o melhor estava por vir. Toca o alarme da carretilha da vara que a Karina armou bem próximo ao aerador com um cubo pequeno de mussarela, o suficiente para cobrir o anzol. Começa uma batalha forte e duradoura! Muitas tomadas de linha, uma briga pesada de muitas idas e vindas e a maior Pirarara do dia saiu para nossa alegria. Uma gigante veio para a nossa galeria de troféus!

STELLA08

O proprietário do pesqueiro, senhor Maércio, sempre presente e prestativo, estimou que essa maravilha poderia pesar entre 27 a 30 kg.

STELLA09

Devidamente fotografada, essa linda Pirarara retornou ao seu lago.

STELLA10

Durante a briga da Karina com a sua gigante, a minha carretilha cantou, no canto superior do lago, novamente na isca do momento, a mussarela. Uma pirarara de ótimo porte, que brigou forte também e não se entregou facilmente.

STELLA11

E mais Pirarara! A manhã no Pesqueiro Stella foi agitadíssima. O que não comeram na ceia, comeram no café da manhã e assim foi até tarde. Mais uma na mussarela, na parte central do lago, sempre com as iscas a 2 metros da margem.

STELLA12

No meio dessa correria toda, percebo que a linha de uma das minhas varas começava a se esticar vagarosamente. A isca era ovo cozido, colocado ao lado do aerador. Fui verificar e logo o peixe disparou, mas na tralha de Pirarara esse brancão não teve muita chance, mesmo assim brigou muito antes de se cansar. Lindo demais!

STELLA13

STELLA13B

Uma breve pausa para o almoço e a pescaria continuava produtiva. Só na mussarela! Karina pegou duas seguidas.

STELLA14

STELLA15

Fernando também brigou com mais uma.

STELLA16

Com a tardezinha chegando, começamos a cevar bem timidamente, somente em dois, e os tambas começaram a dar as caras na superfície. Não deu outra, anteninha neles e a festa começou.

STELLA17

Foram inúmeros tambas pegos na superfície com anteninhas cor de ração e miçanga da mesma tonalidade. Foram muitos e nem fotografamos todos, para não perder tempo e continuar aproveitando.

STELLA18

STELLA19

STELLA20

Ainda saíram mais duas piras antes da tarde chegar ao fim.

STELLA21

STELLA22

A noite fisgamos somente duas Pirararas no canto superior do lago. Exaustos fomos descansar super cedo, finalizando nossa pescaria as 21 horas.

STELLA23

STELLA24

E o terceiro dia se inicia. Ficamos nos mesmos lugares, cientes que o “point” era próximo a margem e nas curvas do lago com mussarela de isca. E lá ficamos só esperando começar a diversão!

STELLA25

Pegamos o jeito de pescar no Stella durante o dia, já que não somos muito de pescar a noite, e aproveitamos bem.

STELLA26

As Pirararas de lá são muito ativas e em grande quantidade, então nem precisamos trocar muito de isca. Mas fizemos isso, tentamos Lambari, ovo cozido, frango e pão de fundo e alguns resultados apareceram também. Mas o que mais deu resultado foi a mussarela.

STELLA27

Essa foi a única que bateu no meio do tanque. A isca foi pão de fundo. Armada para pegar tamba e essa gulosa chegou primeiro. Pirarara na vara de tamba, carretilha perfil baixo, vocês já sabem, deu trabalho para o Fernando tirar da água.

STELLA28

Mais Pirarara! Percebemos que os peixes do Stella são muito saudáveis e brigam demais. Nenhuma pirarara se rendeu facilmente, mesmo as menores, sempre com boas tomadas de linha, idas e vindas, cansando muito os pescadores.

STELLA29

Enquanto eu e Fernando nos divertíamos com os tambas na anteninha, a Karina engatou mais uma gigante na mussarela. Percebemos que o peixe não estava para brincadeira pela intensidade da batalha. Essa demorou a sair e quando deu as caras ficamos muitos felizes. Karina foi logo para a sua pose preferida com a bitelas.

STELLA30

STELLA30B

STELLA30C

Fisguei mais duas Pirararas em sequência, antes de começar a verdadeira batedeira de tambas.

STELLA39

STELLA40

A partir das 14 horas, como eles costumam dizer lá no pesqueiro, os tambas começam a moer na ceva! Sobem demais! Algumas fotos dos tambas pegos na anteninha.

STELLA31

STELLA31B

STELLA32

STELLA33

STELLA34

STELLA34B

Enquanto estávamos no frenesi das anteninhas, armei uma vara com pão na superfície, para ver se batia um peixe de porte maior. O pão não demorou a ser engolido de forma ignorante! Daqueles estouros que adoramos. Sabia que era um peixe especial! Travamos a nossa batalha e sai vencedora. Quando ele se cansou, minha felicidade se completou, era um Tambaqui muito bonito! Me deixou muito feliz, pela briga que proporcionou e pela explosão na superfície.

STELLA35

Um torpedo!

STELLA35B

Depois desse hulkinho, ainda tivemos várias ações na anteninha até o anoitecer. E a noite foi bem animada, pois como era nosso último dia, seguramos até o máximo que conseguimos e foram 6 Pirararas na noturna.

STELLA36

Só tiramos fotos de algumas.

STELLA37

STELLA38

No dia seguinte fomos embora super cansados e felizes com a pescaria no Pesqueiro Stella. Moídos de felicidade. Valeu a pena cada km rodado para conhecer esse pesqueiro, tão falado pelas Pirararas e pelas ações dos tambas na superfície.

Agradecimentos ao Sr. Maércio pelo excelente atendimento e atenção conosco durante toda a nossa estadia. Esperamos poder retornar em breve.

MATERIAL UTILIZADO

Utilizamos nessa pescaria varas de 30 a 50lb e linhas de monofilamento de 0.50mm a 0.60mm. O lago não possui grandes dimensões e estruturas que exijam linhas mais grossas. Não utilizamos chumbada. Arremessamos as iscas com as mãos, já que as ações eram a 2 metros das margens.

No dia que publicamos esta matéria, 11 de abril de 2016, o Pesqueiro Stella recebeu mais uma carga de redondos, principalmente Tambaquis. Segue as fotos da soltura.

STELLA_SOLTURA01

STELLA_SOLTURA02

STELLA_SOLTURA03

STELLA_SOLTURA04

STELLA_SOLTURA05ok

Imagens: Le Wiermann, Karina e Fernando

Texto: Le Wiermann

Pesqueiro e Pousada Stella

Rod. Doutor Eliéser Montenegro Magalhães, km 26 – Bilac/SP

Fone: (18) 9 9744-3836

www.pesqueirostela.com.br

AGRADECIMENTOS

Loja Corricos – www.corricos.com.br

King Fishing – www.roupasdepesca.com.br

King Brasil – www.kingbrasil.com.br

Penn-Raiba Carretilhas – www.pennraiba.com.br

As Matadeiras – www.facebook.com/asmatadeiras

JRPESCA – www.jrpesca.com

Você pode deixar um comentário, ou fazer um trackback para o seu site.

2 Comentarios to “PESQUEIRO STELLA – SENSACIONAL!”

  1. Leonardo disse:

    Um show de pescaria em de deixar com água na boca!! Estou querendo muito ir conhecer este pesqueiro agora vontade aumentou kkk, vi que é de campinas estou sempre no recanto do pacu! Aparece por lá tem muita pira boa também! Rs, abraço é obrigado pelo relato da bela pescaria isso e Loucos por pesca!!!

  2. Rafael Leonardo disse:

    Então Amigo gostaria de saber qual o tamanho do eva usado nesse pesqueiro? Se é de 8mm ou de 10mm ou 12mm

Deixe um comentario