RECANTO DOS PEIXES (PIRACICABA) 09/03/15

RECGILMAR01

Nosso colaborador Gilmar Dechen foi com seu amigo Muryllo até o consagrado Pesqueiro Recanto dos Peixes, localizado em Piracicaba, terra quente do interior paulista. A pescaria foi muito farta, onde os redondos deram um show! Muitos Tambacus foram fisgados e eles ainda tiveram dois verdões amazônicos nos braços!  

 

 

 

Olá amigos.

Vou relatar a vocês uma pescaria que fiz com meu amigo Muryllo, no Pesqueiro Recanto dos Peixes na cidade de Piracicaba-SP.

Estávamos combinando uma pescaria, mas ainda não tínhamos decidido onde seria. A previsão era de tempo nublado com pancadas de chuva, então entramos em acordo que o lugar seria o Recanto, famoso por seus verdões, pois tanto eu como ele, sempre tivemos bons resultados lá com tempo assim.

No dia seguinte saímos bem cedo e chegamos antes de raiar o dia. Debaixo de uma garoa fina, ajeitamos os primeiros conjuntos e mandamos pra água. Eu já comecei com a montagem clássica com 3 evas na linha, dois no anzol e um caroço de azeitona.

Algumas copadas e vi alguns queixos brancos aparecem. Não demorou muito e um deles não resistiu! Pancada no eva e começa a briga. Já sabia que era um Tambaqui, pois as tomadas de linha são brutas, até que finalmente o peixe se rende e abre a pescaria da melhor maneira possível.

RECGILMAR01

O Muryllo decidiu investir em iscas naturais. Montou dois equipamentos, um com sebo, iscado no anzol direto na linha, outro com torpedo e de isca ração P40.

As ações começaram rapidamente, sendo que no sebo saíram vários exemplares, porém de porte menor. O torpedo com ração afundou e o Muryllo fisgou seu primeiro Tambacu de bom porte.

RECGILMAR02

A chuva caia e logo depois parava e assim foi também com os peixes. Decidi montar uma vara com um anzol direto na linha, usando pão de isca e, após um tempo sem fisgar nada, percebo que a isca tinha sumido. Segurei a vara na mão e senti o peixe tomando linha bem devagar, então desci a fisgada e o peixe ficou doido e saiu em disparada em direção ao aerador. Trabalhei com calma e depois de alguns minutos encostou na margem mais um grande Tambacu.

RECGILMAR03

RECGILMAR04

Nas fotos da pra ver que o peixe está com alguns machucados, provavelmente por ter sido colocado por outro pescador direto nas pedras do chão, então a dica é sempre usar os tapetes de eva que ficam espalhados por todo o pesqueiro para preservar a saúde dos peixes.

Os tambas estavam muitos ativos e na P40 saiu mais um belo Tambacu.

RECGILMAR05

O Muryllo estava usando chicote de 1,50m.

RECGILMAR06

Voltei a cevar e, depois de algumas refugadas na antena, fui alternando a cor até que na marrom com miçanga bolinha de futebol tomei mais uma explosão, seguida de uma forte tomada de linha. O peixe estava muito forte, devido a chuva que caiu nas semanas anteriores, fazendo o equipamento trabalhar. Mais um bonito tamba e ao fundo reparem no Muryllo com outro bicho engatado, sempre nas iscas naturais.

RECGILMAR07

RECGILMAR08

Já passava do meio dia, então fizemos uma parada e comemos uma ótima refeição servida no pesqueiro. Descansamos um pouco e logo voltamos a ativa, pois o período da tarde com o céu nublado prometia.

Logo no primeiro arremesso, quase que instantaneamente, o torpedo do Muryllo vai tombando e afunda! Fisgada no bicho e uma bela briga se inicia, digna de um bitelo, e o pescador mais uma vez leva a melhor e mais um tambão vem para a matéria do Loucos.

RECGILMAR09

RECGILMAR10

Continuei cevando na nossa frente e sempre deixando uma vara armada com pão do lado esquerdo em frente ao aerador. Foi nela que saiu o próximo tamba.

RECGILMAR11

RECGILMAR12

O dia estava frenético! Há muito tempo não fazia uma pescaria tão produtiva e com tantos peixes de bom porte no Recanto. Era soltar um tamba, voltar a pescar e logo garantir mais um.

RECGILMAR13

Outro fisgado na anteninha.

RECGILMAR14

Dessa vez quem toma o bote é o pão iscado pelo Muryllo. O peixe literalmente jogou água pra todo lado e já saiu tomando linha em disparada. Muitas idas e vindas depois, já com os braços cansados, o pescador nem conseguiu se levantar com o peixe para tirar a foto. O jeito foi registrar o bicho agachado mesmo.

RECGILMAR15

Baguá!

RECGILMAR16

Levamos também alguns equipamentos para os peixes de couro, porém nesse dia não tivemos sorte com eles. A única ação foi de uma pequena, porém corajosa baby Pira, que mesmo assim registramos para não fazermos desfeita.

RECGILMAR17

O Muryllo, mais uma vez na P40, engata uma encrenca, um belo tamba de coloração mais clara, um dos vários que habitam o lago.

RECGILMAR18

RECGILMAR19

Lembrando que durante o dia, tanto ele foi mudando a altura do chicote, quanto eu fui testando várias cores de eva para garantirmos os peixes. Para mim ainda faltava um bágua e, com insistência na cevadeira, consigo levantar alguns tambas. Percebi que bem no canto da ceva tinha um movimento diferente, uma boca subia e sugava lentamente a ração sem o alvoroço característico dos exemplares menores. Arremessei a antena pra frente do ponto e recolhi até ficar bem em cima do peixe. Foi uma jogada certeira, o bicho sugou a antena e antes mesmo de esticar a linha já tomou a fisgada! Sabia que tinha um peixe bom do outro lado e fui trabalhando com cuidado para não perder. Foram muitas tomadas de linha antes do peixe se entregar, até que finalmente consigo encostá-lo na margem para o bote certeiro do passaguá.

RECGILMAR20

Dá-lhe baguá!

RECGILMAR21

Pra mim a pescaria já estava finalizada, mas o amigo ainda estava em busca do seu Tambaqui. Enquanto guardávamos as tralhas, ele deixou uma vara armada com um pedaço de pão e arremessou em frente ao aerador. Já quase encostado na margem e sem nenhuma pretensão o pão sumiu! Mais que depressa o Muryllo correu e confirmou a fisgada. Pela briga imaginamos que seria o tão esperado verdão e tivemos a sorte de estarmos certos. Pra fechar esta ótima pescaria mais um Tambaqui do Pesqueiro Recanto dos Peixes.

RECGILMAR22

Foi um dia fora de série, com muitos peixes e ações o tempo todo. Vale a pena conferir os redondos e peixes de couro desse ótimo pesqueiro na cidade de Piracicaba, interior paulista.

Abraço a todos e boa pesca!

Imagens: Gilmar Dechen e Muryllo Santos

Texto: Gilmar Dechen 

Pesqueiro Recanto dos Peixes – Piracicaba/SP

Estrada Jacob Canele, 166 – Fone: (19) 3434-2895 (Beto)

AGRADECIMENTOS

King Fishing – www.roupasdepesca.com.br

King Brasil – www.kingbrasil.com.br

Penn-Raiba Carretilhas – www.pennraibacarretilhas.blogspot.com.br

As Matadeiras – www.facebook.com/asmatadeiras

Você pode deixar um comentário, ou fazer um trackback para o seu site.

1 Comentario to “RECANTO DOS PEIXES (PIRACICABA) 09/03/15”

  1. juvenal disse:

    E só esquentar um pouco que os grandes tambas estão de volta.

Deixe um comentario