Pesqueiro Maeda – 20/06/09

Neste último sábado, a equipe Loucos por Pesca foi até Itu, interior de São Paulo, para fazer uma bela pescaria das famosas Carpas Cabeçudas, uma excelente opção com a chegada do inverno. 

 

Nesta pescaria, eu (Rodolfo Lenzi) tive a companhia do amigo Thiago Camilotti. Chegamos ao pesqueiro por volta das 8:30 hs e optamos por pescar nos lagos 7 e 8. Nos posicionamos entre os dois tanques, bem no meio deles.

Os lagos do Maeda não são muito grandes, têm uma excelente estrutura e possuem suas margens cimentadas, exceto o tancão e os tanques de engorda. No entanto, ainda acho que mais quiosques nas beiras dos lagos iriam proporcionar maior conforto e sombra aos pescadores, tendo em vista que existem somente alguns. Como qualquer outro pesqueiro, aos finais de semana, recebe um grande número de pescadores e também de famílias, que vão até o Maeda para aproveitar outras atividades que o pesqueiro oferece, além da pesca esportiva.

Utilizamos equipamento médio-leve, com linhas de bitolas de 0,35 mm a 0,40 mm. Montamos dois equipamentos cada um, usando um chumbo-poita, nó de correr, miçanga, bóia, snap e um chuveirinho com 05 anzóis, mais o xerife. Variamos as alturas entre 30 e 90 cm.

Para aprender a montar esse esquema, visite a matéria escrita pelo colega e especialista nesta modalidade, Márcio Giannico, no link abaixo:

http://loucosporpesca.com.br/wordpress/?p=897

As iscas utilizadas foram as massas “Cordeiro”, de sabores: Tradicional, Amendoim Torrado e Banana e Mel. Também usamos diversas essências “Cordeiro’, tais como: Banana, Panettone, Genipapo, dentre outras.

E como vocês poderão ver durante a matéria, as massas Cordeiro não falham, rendendo diversas cabeçudas nesta pescaria.

Vamos a pescaria!

No começo do dia os peixes estavam sem fome, algumas trocas de iscas e nada de Carpa. Estávamos ficando apreensivos e já procurando motivos (leia-se desculpas) para a inércia dos peixes. Em meio a uma conversa com o Thiago, lhe pergunto: cadê minha bóia da direita? Ela havia afundado. Fui até a vara e comecei a recolher a linha. Lembrando, que não é preciso e nem recomendável que se fisgue as Cabeçudas, pois quando a bóia afunda, é sinal de que ela já está fisgada e um tranco forte necessariamente significaria a perda do peixe, por conta de sua boca muito mole. A fricção do molinete/carretilha, também deve estar sempre bem frouxa.

Pois bem, linha recolhida rapidamente e já sinto o peso do que seria a primeira de muitas Cabeçudas, depois de uma breve briga, ela se entrega e é pega com o passaguá para posar pra foto.

A partir de então já ficamos mais animados, pois agora sabíamos que elas estavam ali e se alimentando. Passaram-se alguns minutos e reparei que uma bóia estava “rebolando”, logo em seguida ela some. Linha recolhida e peixe na linha! Mais uma bonita Carpa Cabeçuda.

A mistura que mais deu resultado durante o dia foi a massa Tradicional, misturada com Amendoim Torrado e essência de Genipapo. Essa combinação foi certeira e fatal para a captura de grande número de peixes durante toda a pescaria. Quase todos os peixes foram fisgados com a isca a 60 cm da bóia.

Em certo momento, eu estava brigando com um peixe de bom porte quando a bóia do Thiago também afunda. Confusão de Carpa pra todo lado e o um dublê vai para a foto.

O maior peixe capturado até então tinha sido a Carpa do Thiago, com peso de 13 kg. Considerando-se o porte dos peixes do Maeda, sabíamos que era um ótimo exemplar e que muito provavelmente não pegaríamos nada maior. Ledo engano. No meio da tarde, não percebo que uma bóia havia afundado, novamente a pergunta: cadê minha bóia? Olho pra vara e ela começava a envergar. Quando pego o equipamento, sinto que alguma coisa pesada fazia força contra.

Alguns minutos, o peixes se aproxima e bóia, vimos uma boca enorme. A partir daí a atenção e o cuidados redobraram, para que pudéssemos tirar o peixe e mostrá-lo a vocês. Linha pesada e alguma tomadas, até que a Carpa se entrega e é colocada para fora da água. Era um bonito exemplar, com seus 15 kg.

Tivemos ação o dia todo, até as 18:00 hs, quando a pesca diurna se encerra. Diversos peixes foram capturados, com o peso médio de 9 kg.

Depois disso até o final da tarde, ainda capturamos alguns belos peixes, entre eles mais Cabeçudas, um pequeno Tambacu e dois Cat-fishes.

Está ai a prova de que é possível fazer boas pescarias em dias frios e pesqueiro com intenso movimento. Fica então a dica pra quem quiser tentar.

Um belo pôr do sol ao final do dia para fechar a pescaria com chave de ouro.

Deixem seus comentários e/ou dúvidas ao fim da matéria.

Abraços e boas pinchadas!

Imagens: Rodolfo Lenzi e Thiago Camilotti

Texto: Rodolfo Lenzi

E-mail: rodolfo@loucosporpesca.com.br

 

Pesqueiro Maeda – Itu/SP

Rodovia SP 75 (Santos Dumont) – km 18

(11) 2118-6200 ou (11) 2118-6262

www.pesqueiromaeda.com.br

Você pode deixar um comentário, ou fazer um trackback para o seu site.

8 Comentarios to “Pesqueiro Maeda – 20/06/09”

  1. Diego disse:

    otima materia rodolfo parabéns pelas rainhas
    abrass…

  2. marcio disse:

    vai viciar em rapaziada kkkkkkkkkkkk

    parabens loucos muita rainha na linha!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    abrassss

  3. Edson (bugrino) disse:

    Olha as cabeçudas ai!!!!

    Parabéns pela materia galera e sempre mostrando o cuidado com os peixes!!!

  4. Edgard de Paiva disse:

    Muito boa pescaria caras! Parabens!!

  5. Fernando MV disse:

    É isso ai galera essa é a alternativa do inverno as Rainhas!

    Parabens pela matéria.

    Fernando de Paiva..

  6. Maicon disse:

    Bela pescaria o lago 7 como o lago 8 sempre tem bons peixes otima pescaria abraço

  7. Willian disse:

    Bela matéria parabéns pra todos que participaram, eu queria saber já que pescaria de carpas não é muito meu forte, não que eu nunca tenha pescado já pesquei sei como monta o equipamento, sei fazer a massa, eu gostaria de saber como funciona o maeda, quanto paga de entrada, qual é o limite de equipamentos que podem ser armados e com qual isca que os redondos costumam atacar com mais frequência.
    Meu email é w-antonieto@hotmail.com é o mesmo do msn por isso se alguém quizer me add pra explica como fuciona o email é esse.
    Um forte abraço pra vcs todos do Loucos por Pesca.

    Willian

  8. michel disse:

    gostaria de saber para pesca de carpa qual material usado chuverinho ?

Deixe um comentario