PESQUEIRO SANTO ANTÔNIO (LEITOR)

santo-13

Acompanhe duas pescarias em finais de tarde no pesqueiro que já foi uma maravilha para a pesca com boias cevadeiras. Hoje é necessário persistir, ter conhecimento, mas ainda é possível realizar boas capturas de tambas no local. Confira a busca dos nossos amigos leitores aos redondos da cidade de Paulínia.

 

 

 

Olá amigos do Loucos por Pesca.

Neste relato, eu (Felipe Silva) irei trazer duas pescarias realizadas no Pesqueiro Santo Antônio, localizado em Betel, distrito de Paulínia.

Antes de mais nada, gostaria de agradecer a oportunidade ao Kleber por nos dar a chance de compartilhar essas pescarias com vocês leitores do Loucos por Pesca.

Vamos ao que interessa!

Neste relato vou mostrar como foram duas pescarias de final de tarde. Como muitos dizem, o Santo Antônio se trata de um local que não se pode esperar por muito peixe bom, mas ao contrário do que andam dizendo por ai, ainda existem os grandes Tambacus no local sim, não em quantidade igual a maioria dos pesqueiros conhecidos de São Paulo, mas quem conhece e frequenta o pesqueiro sabe que existem muitos tambas ainda e que com muita técnica e persistência eles aparecem.

No primeiro dia tive a companhia do meu amigo Neto. Chegamos no pesqueiro em um domingo por volta das 15 horas, onde o mesmo se encontrava, como de costume, muito lotado. É um lugar muito frequentado por famílias por ter uma estrutura fora do comum.

Logo achamos um local e começamos nossas copadas atrás do redondos. Já nas primeiras cevadas, uma pancada seca na antena e lá estava o Neto com um belo Tambacu engatado!


Oha o velho Santo Antônio mostrando sua cara.


Logo após a soltura, tivemos alguns peixes perdidos, tanto por mim, quanto pelo Neto, até outra firme pegada na antena e o Neto já engatava mais um belo Tambacu.


Naquele momento era muito grande a quantidade de lombos negros se alimentando na superfície.


Logo chega minha vez! Eu, que não estava com tanta sorte nas antenas, optei por um chicote tradicional, utilizando dois evas no anzol e um na linha, conjunto todo marrom. Uma leve corrida na boia guia e pancada na boca do bicho! Depois de uma bela briga, mais um valente Tambacu apareceu.


No arremesso seguinte já tenho outro peixe engatado! Um forte estouro no meio do lago e lá se vai cevadeira e tudo pra baixo. Uma briga mais pesada e logo um bonito e maior Tambacu apareceu.



Bem perto das 18 horas, horário em que o pesqueiro fecha, o Neto engatou mais um tamba para fechar a pescaria.


Creio que para 3 horas de pesca tivemos um resultado excelente!

A outra pescaria foi realizada em um sábado, onde chegamos ao pesqueiro por volta das 16 horas e logo começamos a dar as copadas atrás dos tambas, que estavam mais manhosos e subiam muito devagar em meio a uma quantidade absurda de Tilápias e Pacus.

Driblando os peixes menores, o Neto engatou uma encrenca das grandes. Depois de uma corrida bem na manha, o Neto garantia um baguázinho, este fisgado nos evas caramelos e miçanga zizao.


Infelizmente, neste dia as Tilápias estavam impossíveis, não davam trégua um minuto sequer, mas depois de muito insistir, minha cevadeira afunda com tudo e eu tinha assim mais um tamba engatado. Era muito satisfatório fisgar minha espécie preferida, no local onde tudo começou, em meio a tantas dificuldades. Veio pra foto mais um belo tamba!


Depois de muitas Tilápias fisgadas, tenho a sorte grande e engato um belo Tambacu numa pegada firme na antena marrom com miçanga Sorocaba.


Recentemente meu amigo Fernando também visitou o pesqueiro e fisgou um belo Tambacu.


Creio que para pescarias de final de tarde conseguimos fisgar bons peixes e provar que ainda existem Tambacus no Pesqueiro Santo Antônio. Claro que não são fisgados com frequência como nos outros pesqueiros que estamos acostumados a frequentar, mas ainda sim é possível fisgar os redondos na modalidade de pesca que mais gostamos!

Qualquer dúvida sobre o local, podem deixar mensagem aqui na matéria que responderei.

Mais uma vez agradeço ao Kleber pelo espaço cedido e espero poder compartilhar mais pescarias aqui com vocês.

Grande abraço!

Imagens: Felipe Silva e Neto Abdalla

Texto: Felipe Silva

Pesqueiro Santo Antônio

Distrito Betel – Paulínia/SP

(19) 3884-7402

www.pesqueirosantoantonio.com.br

AGRADECIMENTOS

Romano Pesca – www.romanopesca.com.br

King Fishing – www.roupasdepesca.com.br

King Brasil – www.kingbrasil.com.br

Penn-Raiba Carretilhas – www.pennraibacarretilhas.blogspot.com.br

As Matadeiras – www.facebook.com/asmatadeiras

Massa Farofa do Carlão

Você pode deixar um comentário, ou fazer um trackback para o seu site.

1 Comentario to “PESQUEIRO SANTO ANTÔNIO (LEITOR)”

  1. Felipe Silva disse:

    shoooow,santo antonio ainda continua sendo um local onde existem muitos tambas!

Deixe um comentario