Recanto dos Peixes – 14/02/09

A equipe Loucos por Pesca se reuniu pra mais uma pescaria atrás de grandes peixes. Dessa vez escolhemos o Pesqueiro Recanto dos Peixes, localizado na cidade de Monte Mor-SP.

Eu já conheço o local há alguns anos e sempre realizei excelentes pescarias nele. O Recanto dos Peixes possui diversos lagos para pesca, sendo o último (Pesca Esportiva) o de maior destaque. Lá podemos encontrar Tambacus de mais de 20kg, Cacharas, Pincacharas, Piraputangas, Matrinxãs.

Infelizmente não conseguimos chegar cedo e o lago já estava completamente lotado de pescadores. Como não tinha mais nenhum quiosque livre, arrumamos um jeito de ficar no barranco mesmo. Pouco tempo depois, Rodolfo e nosso amigo Thiago também chegaram. 

E foi Thiago quem fisgou o primeiro peixe do dia.

 

Thiago – Matrinxã (salsicha flutuante)

Poucos minutos depois, Rodolfo também conseguiu trazer o seu primeiro peixe. As matrinxãs e piraputangas estavam muito ativas naquela parte do lago. As batidas eram constantes.

Rodolfo – Piraputanga (salsicha flutuante)

Como nosso objetivo principal eram os Tambacus, logo as iscas foram trocadas.

Ao longo do dia muitas linhas foram estouradas. Muitas vezes o peixe abocanhava a isca, afundava a bóia, mas simplesmente não conseguíamos fisgar.

Depois de um certo tempo de espera, começaram as fisgadas e André foi o primeiro a garantir um Tambacu. 

André – Tambacu 8kg (salsicha na bóia torpedinho)

Aproveitando que alguns pescadores foram embora, nos posicionamos num ponto um pouco melhor do lago e ai começaram a sair mais peixes.

Após algumas escapadas, finalmente Rodolfo fisga um Tambacu. Este já era um pouco maior.

 

Rodolfo – Tambacu 12kg (massa mafish – fundo)

A bóia torpedinho de André afunda com força e, após alguns minutos de briga, o peixe se entrega.

 

 

André – Tambacu 12kg (massa mafish – bóia torpedinho)

Eu e Thiago tentávamos fisgar um peixe de couro próximo das margens do lago, mas estava complicado. Durante o dia inteiro apenas uma cachara apareceu e era de pequeno porte.

Entre essas tentativas, mais uma Matrinxã aparece e começa sua bela seqüência de saltos.

 

Thiago – Matrinxã (salsicha flutuante)

Quando eu já estava perdendo as esperanças, minha vara de fundo deu uma envergada muito forte e o peixe começou a correr pro meio do lago. Consegui fisgar e comecei a briga.

A isca usada foi 2/3 de salsicha e estava bem encostada na margem, o que me dava esperanças de finalmente ter conseguido pegar um peixe de couro. Após algumas corridas e um tempo de briga percebi que tinha algo estranho. Parecia que eu tinha pego um Tambacu bem forte.

Como minha linha era fina (0,30mm) e estava direta no anzol fui trazendo o peixe com muita paciência e abrindo a fricção pra não perdê-lo.

Nesse meio tempo, Rodolfo conseguiu trazer mais um Tambacu.

Além de estarem muito manhosos, os peixes estavam escapando com muita facilidade.

 

Rodolfo – Tambacu 10kg (ração de maracujá)

Após um bom tempo de briga, a linha da minha vara começou a enrolar toda. Tive certeza que estouraria a qualquer momento, mas consegui trazer o peixe pra foto. Era um belo Tambacu que veio pra me animar após um dia de pouca sorte.

 

Kleber – Tambacu 15kg (salsicha no fundo)

Foi uma pena que logo após essa “injeção de ânimo” o horário da pesca já havia se encerrado e não deu tempo de ir atrás dos grandes peixes que subiam na superfície do lago.

Fotos de outros dias de pescaria no Recanto dos Peixes: 

 

 

 

Imagens: Kleber Sanches, André Billi e Rodolfo Lenzi

Texto: Kleber Sanches

E-mail: kleber@loucosporpesca.com.br

Informações de como chegar no Recanto dos Peixes no link Pesqueiros.

Você pode deixar um comentário, ou fazer um trackback para o seu site.

Deixe um comentario