PESQUEIRO 3 IRMÃOS – 19/06/13

3IRMAOS_CAPA2013

A Equipe Loucos por Pesca seguiu viagem pelo litoral paulista atrás dos grandes Tambacus que continuam comendo mesmo no inverno. Confira nossa pescaria, que começou bem complicada, mas mudou completamente após tomarmos a decisão acertada. Muitos redondos e alguns baguás vieram para os nossos braços!

 

 

 

 

Olá amigos!

Há muito tempo tinha vontade de ir conhecer o afamado Pesqueiro Três Irmãos, localizado em Itariri, litoral de São Paulo, conhecido como um dos poucos lugares onde é possível fisgar os grandes Tambacus mesmo no inverno.

A distância de aproximados 250 km de Campinas era o fator que me desanimava um pouco, mas em conversa com um amigo de pesca, frequentador assíduo do local, veio a excelente noticia! Agora o pesqueiro conta com chalés e desta forma não precisaria rodar os 500 km de ida e volta no mesmo dia.

Liguei para o Otávio, gerente do Três Irmãos, pessoa excepcional e que já se mostrou muito disposto a ajudar em tudo que fosse preciso. Combinamos a data da pescaria e segui viagem com meu amigo Fernando Paiva.

Chegamos aproximadamente as 8 horas da manhã e fomos muito bem recebidos pelo Otávio, que nos mostrou o chalé onde passaríamos a noite antes de retornarmos. Eles estão no momento com três quartos funcionando e em breve este número será ampliado, pois já começaram as reformas.

Este chalé que ficamos possui uma cama de solteiro e uma beliche, televisão e tela anti-insetos na janela. Colchões novos, pisos novos, paredes pintadas, uma excelente opção de acomodação.


Todos contam com banheiro privativo e chuveiro de água quente.


Vamos à pescaria!

O tempo estava fechado, a princípio um pouco de frio, mas nada que nos desanimasse.


Descemos nossas tralhas do carro e decidimos nos alojar na parte funda do lago.



Armamos dois equipamentos cada. O primeiro com bóia torpedo e pão como isca e o segundo com bóia cevadeira, chicote de 2 metros e o esquema com evas e antena como divulgado em nossa última matéria.

Logo percebemos que as Tilápias seriam um problema, então tivemos que substituir o pão, que era alvo frequente de ataques dessa espécie. Pescamos algumas Tilápinhas e utilizamos as cabeças ou elas vivas.

O primeiro ataque vem na cabecinha, chicote de 1 metro, briga tensa e pesada! O peixe toma linha na superfície, dá alguns tapas com o rabo na flor d´agua, o meu torpedo sempre passeando diante dos nossos olhos, mas infelizmente o grande Tambacu escapa após certo tempo de briga, trazendo um pouco de insatisfação.

Coloco novamente a mesma isca, mais de trinta minutos de espera, e surge outro bote na cabecinha de Tilápia! Dessa vez a sorte foi minha companheira até o final e consegui trazer para os braços o primeiro Tambacu.



Em uma das tentativas com Tilápinha, o torpedo afunda segundos depois de cair na água, logo detectamos que o atrevido era um bonito Tucunaré Amarelo, habitante abundante deste lago do Três Irmãos.


Cevamos bastante, mas poucos Tambacus se arriscavam no meio das Tilápias, que devoravam em segundos toda a ração. Após o almoço, um pouco desanimados com o desempenho nada animador, resolvemos fazer uma mudança e experimentamos a parte rasa do lago, localizada logo na entrada.

Foi a decisão mais acertada da pescaria. Não poderíamos ter tido idéia melhor, pois apesar dos tambas não estarem tão soberanos na ceva, eles pelo menos subiam razoavelmente por lá.  Bastou insistirmos um pouco, fazendo uma concentração de ração, que vieram os primeiros ataques nos evas caramelos e antenas com miçangas variadas.


Uma pegada forte, briga com a bóia na superfície, lá vem peixe grande por ai! Definitivamente era um Tambacu de respeito e nos surpreendemos no Três Irmãos porque os redondos brigam muito neste pesqueiro. Vem pro abraço bichão!



Baguázinho pro Loucos por Pesca!


Minutos depois, chega a vez do Fernando tirar o azar! Perdemos muitos peixes já fisgados durante a briga, fato comum na pescaria com bóias cevadeiras, evas e miçangas, mas que sempre trazem certa frustração, porém a vontade é de logo reverter a maré.


O amigo já comenta que iria tirar o azar com um bom peixe, observando a característica da sua briga, realmente ele não erraria. Um grande Tambacu encosta no barranco e entra no passaguá!



As ações foram acontecendo com maior frequência e fizemos uma boa sequência de fisgadas! Ora escapavam, ora vinham para o registro das nossas máquinas fotográficas.


Com o aerador ligado no final da tarde, tivemos a vida facilitada. Bastava jogarmos ração que a corrente levava os grãos para circularem, onde no caminho vinham os ataques de Tilápias, Carpas e dos Tambacus. Coloquei um conjunto com evas cor de ração, anteninha e miçanga bolinha de futebol, o que foi fatal para um grande peixe de linda coloração!



Meu baguá teve companhia neste momento, já que um garotinho que pescava ao nosso lado também fisgou um grande exemplar e saiu no dublê!


A pescaria estava excelente no final da tarde e consigo engatar um dublê com o Fernando. Ele fisga primeiro, eu venho na sequência e vamos trabalhando os peixes que insistiam em tentarem cruzar nossas linhas. Mesmo brigando, o Fernando consegue encestar meu peixe no passaguá e fazer o registro de mais um redondo.


O seu duelo começa a se estender por longos minutos e chama nossa atenção!


Parei de pescar e fiquei só acompanhando a batalha. O peixe colocou a cabeça pra fora d´água pela primeira vez e já notamos que se tratava de um legítimo baguá.


Com paciência, sempre trabalhando na expectativa de tirar o monstro, mas com a calma necessária numa briga deste porte, o Fernando traz o animal, já cansado, para dentro do passaguá. Realmente era um verdadeiro gigante do Pesqueiro Três Irmãos!



Peixe muito gordo, forte e brigador!



Tínhamos poucos minutos de pescaria antes que escurecesse, mas ainda deu tempo do Fernando garantir o último peixe na cevadeira.


Tentamos pescar um pouco durante a noite, utilizando beijinho e cabecinha de Tilápia, mas como não tivemos ações no início da noturna, aliado ao frio que chegava forte, decidimos dormir para descansarmos já que teríamos uma viagem no dia seguinte.

Nossa primeira impressão do Pesqueiro Três Irmãos foi muito positiva, pois não está fácil realizar pescaria com grandes Tambacus em outros pesqueiros do Estado de São Paulo nesta época de inverno. Mesmo com as Tilápias atrapalhando na pescaria com cevadeira, insistimos e fomos recompensados com grandes Tambacus do litoral paulista.

Agradecimentos ao Otávio pela excelente recepção que nos proporcionou, além da amizade e boa conversa. Gostaríamos também de mandar um abraço a outro grande amigo que fizemos nesta pescaria, o Adriano, proprietário do Três Irmãos, grande pescador e um administrador que já nos mostrou amplo conhecimento no ramo, nos confidenciando inclusive que pretende fazer diversas melhorias ainda no pesqueiro.

Grande abraço a todos e VAMOS PESCAR!!!

Imagens: Kleber Sanches e Fernando Paiva

Texto: Kleber Sanches

E-mail: kleber@loucosporpesca.com.br

PESQUEIRO TRÊS IRMÃOS

Acesso pelo Km 359 da Rod. Padre Manoel da Nóbrega

Tel: (13) 9723-8118

AGRADECIMENTOS

Romano Pesca – www.romanopesca.com.br

King Fishing – www.roupasdepesca.com.br

King Brasil – www.kingbrasil.com.br

Penn-Raiba Carretilhas – www.pennraibacarretilhas.blogspot.com.br

Massa Farofa do Carlão

Você pode deixar um comentário, ou fazer um trackback para o seu site.

14 Comentarios to “PESQUEIRO 3 IRMÃOS – 19/06/13”

  1. Marcos Faraone disse:

    Bela pescaria!
    Pegar redondos assim, no inverno, não é em qualquer lugar.
    Valeu pela dica.
    Um abraço a tds.

  2. Brunno Heidan Alves disse:

    Excelente Matéria..
    Estava ja a um bom tempo estudando para conhecer o
    pesqueiro 3 irmaos e depois da materia,confirmo minhas
    espectativas e logo em breve estarei descendo a serra a procura
    dos redondos dos tres irmaos..
    Fernando ou kleber deixa eu tirar uma duvida com voces… Por um acaso
    tem algum play graund algo do tipo pras crianças brincarem? Pois tenho
    minha menina q adora ir em pescarias comigo não so para pescar mas tbm para brincar…
    Obrigado

    • Reinaldo disse:

      Bruno, lá não tem estrutura para crianças e pessoas que não pescam.
      No inverno não tem muitos, mas no verão cuidado com os mosquitos (polvinha,borrachudo, pernilongo e mutuca), principalmente na lua cheia.

  3. Reinaldo disse:

    Bela pescaria Kleber.
    Não pude aparecer pois estava voltando de uma pescaria em Iguape.
    Mesmo no inverno conseguimos pegar tambas de bom porte no 3 Irmãos.
    abs

  4. Romulo Longarini disse:

    Parabéns rapaziada muito boa a matéria no Três Irmãos; eu sou frequentador do pesqueiro já alguns anos e peguei muito tamba grande no raso onde vcs ficaram, ali é fatal, só cevar que os tambas sobem; convido vcs a voltarem no verão e vão perceber o quanto é piscoso esse pesqueiro.
    abraços

  5. Paulo Cesar disse:

    Mais uma grande matéria,
    parabéns seus Loucos é só PANELA.
    Um Abraço do Gordo…!!!

  6. Leonardo Binelli disse:

    sou frequentador deste pesqueiro desde 2007, mas nos ultimos 3 anos aumentou demais o numero de tilápias no lago o que dificulta muito a pesca de cevadeira, espero que o Adriano tome providencias!!
    mas o lugar é show de bola muito peixe grande.
    parabéns pela matéria..

  7. Alecio disse:

    Ola caros amigos do loucos por pesca! Parabens pela materia show de bola,gostaria de saber na opinião de vo6 qual a melhor vara para pesca dos grandes Tamba na modalidade cevadeira a vara Pampo ou a kenzaki abraços?

  8. eric Mateus disse:

    Gostaria de saber qual montagem vcs indicariam pra pegar os grandes redondos caiçaras. hehe
    Sou frequentador de lá e costumo usar anzóis e miçangas bem pequenos, tenho bastante ação porem vários conseguem escapar.

  9. ROBERTO W PRISCO disse:

    CAROS.
    BOA TARDE.
    EU TB ESTAVA ANSIOSO PARA CONHECER, FUI JUNHO TB, REALMENTE OS TAMBAS SÃO MUITO SAUDÁVEIS E BRIGÕES, O LOCAL MARAVILHOSO.
    O QUE FALTA PARA SE TRANSFORMAR NO MELHOR, SÃO PEIXES DE COURO, PRINCIPALMENTE AS PIRARAS, QUE O JORGE DO PESQUEIRO ANHANGUERA POSSUI PARA VENDER.
    O QUE ME DECEPCIONOU FOI O ATENDIMENTO, INFELIZMENTE. ACHO QUE NÃO FUI NUM BOM DIA PARA O PESSOAL DO ATENDIMENTO. MAL HUMORADOS DESDE MINHA CHEGADA, CERVEJA DEMORADA, FALTA DO CAFÉZINHO E NÃO TINHAM ISCAS DE TILAPIA PARA O ALMOÇO.
    QUANTO A LIMPEZA, FIQUEI JUSTAMENTE NO SOMBREIRO QUE OS AMIGOS FICARAM, ESTAVA MUITO SUJO, SOU PESCADOR DE BREJÃO, NÃO ME IMPORTO COM CONFORTO, MAS NAQUELE DIA ESTAVA MUITO RUIM, MUITA PENA, POIS RODEI OS 500 KM NO MESMO DIA.
    PORÉM, NÃO DEIXAREI DE RETORNAR, POIS O LOCAL É DIFERENCIADO.
    ABS

  10. ANTONIO CARLOS disse:

    Realmente esse pesqueiro tem grandes peixes,na primeira vez que fui em 2009, no inverno e no primeiro arremesso já engatei um forte tambaqui,daí passei a frequentar o local constantemente, o problema realmente é a limpeza do local, deixa desejar e o atendimento ruim e demorado. É bom em quantidade e variedades de especies e em especial para praticantes com iscas artificiais, pois já peguei muitas traíras e tucunarés.

  11. Kleber Sanches disse:

    Alecio, ambas as varas são excelentes. Eu gosto mais da Kenzaki por ser mais “parruda” e me permitir “travar” o peixe quando necessário. Alguns já acham ela mto dura, o que não deixa de ser verdade. Já a Pampo é mais esportiva, mais leve, porém há muitos relatos de varas quebradas pela sua fragilidade. Ela não pode ser deixada em suporte. Abraços!

  12. Kleber Sanches disse:

    Eric Mateus, pegamos bastante peixes nas anteninhas. Foi a montagem que nos rendeu os tambas. Abraços

  13. José Carlos moreno morales disse:

    Estive no pesqueiro 3 irmãos no ultimo dia 10-01-2014 ,me diverti muito ,apesar de perder alguns peixes enormes, Peguei vários tucunares e de vários tamanhos ,peguei também várias carpas ,foi um dia maravilhoso ,estava com muita sede mas não queria parar de pescar,logo vinha um rapaz muito educado ,por sinal ,para fazer o pedido e trazer logo depois a água gelada e a um preço justo ,sem exploração com o cliente,gostei muito já estive lá várias vezes ,e continuarei indo sempre que puder, abraços a todos pescadores e parabéns a direção do pesqueiro 3 irmãos ,que continuem tratando bem os PESCADORES. Obrigado

Deixe um comentario