PESQUEIRO BEM-TE-VI – 24/01/13 – TV LOUCOS 26!

btv20

Não há tempo ruim neste belo pesqueiro de Piracicaba. As Pirararas como sempre estavam muito ativas e foram muitos exemplares fisgados dessa espécie tão bruta e brigadora! Os redondos subiram o dia inteiro na ceva e um legítimo baguá também foi capturado nessa pescaria exclusiva que você também pode fazer.

 

 

 

Olá loucos por pesca!

Pescaria no Bem-Te-Vi sempre traz uma ansiedade no dia que antecede a viagem, mas nada se compara a sensação de passar um dia apenas com seus amigos na beira dos lagos deste pesqueiro, contando com os grandes peixes, sempre muito ativos, possibilidade esta que é possível para todos os pescadores.

A pescaria exclusiva, esquema criado pelo proprietário Francisco, é um sistema muito inteligente e vantajoso, onde podemos fechar o pesqueiro para nossa turma por um preço mais do que acessível. O valor é fechado e portanto não há número mínimo de pescadores para ter os privilégios de ter os piscosos lagos do Bem-Te-Vi para o seu grupo.

Como o pesqueiro só abre normalmente aos sábados, domingos e feriados, não existe pressão de pesca durante a semana, o que além de ser benéfico à saúde dos peixes, é um fator que faz a diferença na quantidade de ações na pescaria.

Entre em contato com o Francisco para consultar valores e reservar sua data através do telefone: (19) 9716-4278

Chegamos ao pesqueiro às 7 horas e 30 minutos da manhã e rapidamente começamos a montar nosso arsenal de varas. Nossa equipe estava representada apenas por mim (Kleber), pelo Fernando e seu primo Santiago, jovem pescador que pela primeira vez frequentaria um pesqueiro com tantos peixes grandes.

Como não tínhamos outros pescadores, um dos pontos positivos de se fazer a pescaria exclusiva, pudemos espalhar mais equipamentos em volta dos dois lagos que compõe o pesqueiro. Eu e o Fernando armamos quatro varas de fundo cada um em busca das sempre muito briguentas e ativas Pirararas do Bem-Te-Vi.

Com menos de trinta minutos de iscas na água, a primeira Pirarara ataca a Tuvira no lago de baixo. Fomos até lá e o Fernando não pensou duas vezes e começou a buscar seu objetivo que era proporcionar um excelente dia ao seu primo. O garoto já brigou como gente grande e com habilidade trouxe o peixe para os braços.



Não precisamos de mais do que alguns minutos para ter a segunda ação.

Novamente a mesma isca, a matadora Tuvira, renderia uma Pirarara ao Loucos por Pesca!



A nossa última pescaria no local, marcada pelo nome de “massacre das Pirararas”, onde fisgamos mais de 20 briguentas do rabo vermelho, já tinha nos revelado a incrível eficiência da Tuvira utilizada de outra maneira no Bem-Te-Vi. Os resultados são muito mais satisfatórios usando apenas pedaços como isca, sendo que tanto na cabeça quanto no rabo tivemos muitas capturas.  E foi assim que elas foram aparecendo rapidamente, com intervalos muito pequenos, e nos proporcionando boas brigas!



O lago de baixo se destacou na parte da manhã nos rendendo muitas Pirararas. Ficávamos tentando cevar no lago de cima, mas a todo instante notávamos varas embodocadas no lago inferior e tínhamos que sair em disparada.




Os Tambacus subiam muito bem na ração e as fisgadas eram certeiras quando tínhamos tempo de ir atrás deles.


Utilizamos as boias cevadeiras, chicotes com cerca de 2 metros de linha monofilamento 0,50mm, boinha, um ou dois evas na linha, anzol de robalo Sasame 2/0 com 2 evas caramelos e miçanga da mesma cor ou bolinha de futebol.


Era só ter um intervalo no ataque das piras e dublês aconteciam com os muito ativos tambas.



O redondo do Santiago já era de respeito, belo exemplar!


Enquanto pescávamos com as cevadeiras, larguei uma boia com poita mais na lateral do lago, utilizando a isca que tem me rendido muitos baguás em todas as pescarias, o famoso pão. Após uma primeira ação frustrada, onde o peixe conseguiu roubar minha isca e sair ileso, tive outra oportunidade e fui muito rápido para garantir um legítimo gigante.


O baguá que sempre busco em todas as pescarias já estava garantido!



Essa belíssima briga não foi nem possível filmar inteira para nosso programa, pois enquanto eu tirava o tamba, uma das varas pesadas envergou firmemente no lago de baixo e o Fernando teve que sair correndo para a “árdua” tarefa de garantir mais uma bigoduda!



Tivemos uma breve pausa nas ações e o silêncio foi quebrado por uma das minhas carretilhas cantando bonito.

A isca continuava sendo pedaços de Tuvira e o exemplar era de bom porte para a TV LOUCOS!


Além de ter muitas Pirararas nos lagos, um fator muito positivo do Bem-Te-Vi é que essas danadas são muito boas de anzol.


Chega até a ser comum o fato de fisgar a mesma Pirarara mais de uma vez no mesmo dia, o que já ocorreu com nossa equipe em outras pescarias e também já presenciei com outros pescadores mesmo em finais de semana com o pesqueiro lotado.

O lago superior, até então espetacular neste dia para a pescaria de redondos, finalmente teve um peixe de couro aparecendo para nossa equipe na hora do almoço. Enquanto saboreávamos deliciosas porções de peixe e fritas, uma Pirarara atacou a guelra de Tilápia iscada pelo Fernando e travou uma boa batalha até se render.



Vinte minutos depois, quando tentávamos descansar da correria causada pelos peixes, outra vara enverga brutalmente e era minha vez de pegar uma Pirarara no lago de cima, que começava a dar sinais de melhora.


Com equipamento mais leve, a briga foi potencializada! Grandes brigas no Bem-Te-Vi!

O cansaço nos atingia em alguns momentos, mas não deixávamos o corpo pensar e íamos atrás dos Tambacus quando conseguíamos. Era só lançar o conjunto de evas e miçangas no meio da batedeira e esperar a sugada! Foram muitos tambas de porte médio, alguns deles sem registro devido à correria, mas tirávamos fotos quando a situação estava mais tranquila.



Experimentei colocar a guelra de Tilápia no lago de baixo e não demorou mais do que dez minutos para ter uma resposta. A vara dobrou rapidamente e como sempre corri para o combate. O peixe mostrou uma força descomunal e era uma das marrentas do Pesqueiro Bem-Te-Vi.

A chuva veio para refrescar e dar novo ânimo para nossa equipe.


A correria foi grande no final da tarde. As Pirararas acordaram de vez no lago de cima, atacando tanto na guelra quanto no pedaço de Tuvira, sempre com muita voracidade e nos rendendo boas brigas!


Como fanático que sou pela pescaria de Tambacus, confesso que gostaria de ter aproveitado um pouco mais a pesca dessa espécie, mas foram muito raros os momentos que tínhamos tempo para cevar e brigar com os redondos.


Além das brigas com as Pirararas, a todo instante tínhamos que trocar iscas e conferir as varas no lago de baixo, o que nos tomava tempo e trazia cansaço. Haja braço pra tanta Pirarara. Que tal um dublê pra fechar o dia? Vamos nessa!


Soltei meu peixe e exausto aproveitei para registrar a última briga do dia para a TV LOUCOS 26!



Achamos que seria o último peixe, mas segundos após soltar a Pirarara e encerrar o programa, vejo o Fernando olhar fixamente para um ponto e momentos depois ele diria: “olha lá o muleque engatado de novo Klebão”. Agora sim seria o último duelo, pois fomos desmontando todas as varas antes que elas envergassem e com uma bela Pirarara fechamos o dia repleto de fisgadas!



Também utilizamos minhocoçu e mussarela neste dia, porém não tivemos nenhuma captura com essas iscas. Era arremessar as infalíveis e esperar até que tivéssemos uma Pirarara na ponta da linha! Belos combates e lindos peixes!

Assista no player abaixo nosso programa 26 da TV LOUCOS!

Gostaria de agradecer ao nosso amigo Francisco, sempre muito receptivo com a nossa equipe em seu belo pesqueiro, e parabenizá-lo por ter criado e manter um sistema espetacular onde todos os pescadores podem realizar o sonho de ter um dia com uma absurda quantidade de ações.

Aos amigos pescadores só posso fazer o convite para experimentarem uma pescaria exclusiva no Bem-Te-Vi, porém vá com os braços descansados e preparados porque a pegada é firme! Há disponibilidade tanto para a pescaria diurna quanto noturna.

Grande abraço a todos e VAMOS PESCAR!!!

Imagens: Kleber Sanches, Fernando Paiva e Santiago

Texto: Kleber Sanches

E-mail: kleber@loucosporpesca.com.br

Pesqueiro Bem-Te-Vi
Estrada Piracicaba-Anhembi (SP 147), km 07 – Piracicaba/SP
Tel: (19) 3041-7672 ou (19) 9716-4278

AGRADECIMENTOS

Romano Pesca – www.romanopesca.com.br

King Fishing – www.roupasdepesca.com.br

Penn-Raiba Carretilhas – www.pennraibacarretilhas.blogspot.com.br

Massa Farofa do Carlão

Você pode deixar um comentário, ou fazer um trackback para o seu site.

16 Comentarios to “PESQUEIRO BEM-TE-VI – 24/01/13 – TV LOUCOS 26!”

  1. Ze Paulo (Zeppha) disse:

    legal cleber quando for de novo la manda um convite p nos irmos, ja que voces nao tiveram tempo para bater os tambas a gente faz essa parte dificil kkkk, foi muita pira mesmo.
    abç

  2. Frango disse:

    Bela Matéria Cleber, Parabéns!

  3. Mateus Aurelio disse:

    ola equipe do loucos queria saber se no pesqueiro vende tuviras e outros tipos e iscas naturais para as pirararas????

    abraços!!!

  4. Cesar disse:

    É ta na hora de convidar alguns leitores para a proxima no bem-te-vi, mesmo que seja no meio da semana…..

    Abraço!

    Cesar.

  5. rodrigo disse:

    A quantos metros da margem vocês estavam arremessando a tuvira?

    Obrigado.

  6. mauro disse:

    parabenssssssssssssssss matéria showwwwwwwwwwwww

    que inveja desse dia em… ta locooooooooooooooooo

    abraçosssssssssssssssssss

    e otimas pescarias

  7. ricardo disse:

    Fala Kleber, bela pescaria, onde vcs arrumam as guelras ???

    Abs

  8. Amanda Citriniti disse:

    Esse é meu primo… PARABÉNS Santiago!

  9. Ricardo disse:

    PQP….sensacional hein Kleber!!! Ainda vou reservar uma pesca neste local!!! Abraços.

  10. Kleber Sanches disse:

    Valeu Zeppha e Frango! Mateus Aurélio, não vendem Tuviras nem minhocoçu no pesqueiro. Eu sempre pego no Valdevino que fica no caminho quando estou indo pra Piracicaba. Sair na Rodovia Anhanguera na placa Praia Azul, é uma entrada antes da saída 120 que dá acesso à Rodovia que vai pra Piracicaba. Grande abraço!

  11. Kleber Sanches disse:

    Rodrigo, os arremessos eram de 3 a 5 metros da margem no máximo. Grande abraço!

  12. Kleber Sanches disse:

    Ricardo, em qualquer pesqueiro que tenha boa saída e limpeza de Tilápias vc consegue guelras sem custo, é só pedir quando estiverem limpando os peixes. Abração

  13. AZEITONA disse:

    VCS DISSERAM QUE AS ISCAS ERAM TUVIRAS???? QUE TAMANHO DE TUVIRAS PEQ, MED OU GRANDES??? E VCS DIVIDEM NO MEIO OU PARTEM EM VARIOS PEDACOS???
    ???

  14. Kleber Sanches disse:

    Utilizamos principalmente tuviras médias e grandes. Partíamos em 2 pedaços ou no máximo 3 quando eram muito grandes. Abraços!

  15. edson disse:

    quero saber o endereço e qtos km de sao paulo e o preço de entrada.

Deixe um comentario